O SETOR LESTE DA ORLA MARÍTIMA DE FORTALEZA-CE: AMEAÇAS E RESISTÊNCIAS

  • Ana Lívia Ferreira da Costa Universidade Federal do Ceará

Resumo

O presente artigo busca incitar o debate quanto à vulnerabilidade das comunidades localizadas na orla marítima de Fortaleza, em um contexto de financiamento do desenvolvimento urbano, supressão de políticas públicas e periferização da pobreza. Com a crescente ameaça às comunidades, relacionada ao acirramento das desigualdades e das lutas socioespaciais, torna-se fundamental um aprofundamento na compreensão dos mecanismos de suporte do Estado ao mercado imobiliário e a construção de uma crítica à política urbana vigente. Metodologicamente, o recorte da orla marítima é analisado por meio de três camadas: a cidade do mercado imobiliário, a cidade das políticas públicas e a cidade informal e precária.

 

Biografia do Autor

Ana Lívia Ferreira da Costa, Universidade Federal do Ceará
Arquitetura e Urbanismo
Publicado
2019-12-07
Seção
GT-12: Estado, grandes projetos e planejamento corporativo