A QUESTÃO DO ALIMENTO NO ESPAÇO URBANO E O TRABALHO DOMÉSTICO FEMININO

  • Luiza Santos Alves UFES

Resumo

O alimento é essencial para a sobrevivência da espécie humana. A cidade, o lugar da distribuição e consumo, é dependente da produção do campo para que seja abastecida. No cotidiano, as responsáveis pela preparação das refeições são, majoritariamente, mulheres. Aqui, a pretensão é mostrar a relevância do espaço privado no debate acerca do espaço urbano por meio do alimento e do trabalho doméstico feminino, fazendo-se necessária a superação da dicotomia espaço público x espaço privado para a análise do espaço e inserindo a temática, que pouco aparece, nas discussões acerca do espaço urbano. O objetivo é, portanto, discutir o espaço urbano por meio da questão do alimento do ponto de vista do espaço privado como essencial para o funcionamento do público levando em consideração o trabalho doméstico feminino.

Publicado
2019-12-06
Seção
GT-9: A produção do urbano: abordagens e métodos de análise