REFLEXÕES SOBRE O COMÉRCIO ELETRÔNICO COMO ATUALIZAÇÃO TÉCNICA DO COMÉRCIO NO ATUAL PERÍODO TÉCNICO-CIENTÍFICO-INFORMACIONAL NO BRASIL

  • Igor Venceslau Universidade de São Paulo

Resumo

Este trabalho é oriundo de uma pesquisa de doutorado em andamento e objetiva refletir sobre o comércio eletrônico como uma atividade econômica associada aos conteúdos técnicos e políticos do território e à expansão do meio técnico-científico-informacional no Brasil. Amparado num sistema de conceitos elaborados por Milton Santos, destaca-se a importância da fluidez territorial para as empresas de comércio eletrônico, cuja maior expressão da aceleração da circulação está evidenciada na centralidade da logística para a atividade. Os serviços financeiros associados aos pagamentos efetuados nas plataformas de compras online adquirem papel central no comércio eletrônico.

Biografia do Autor

Igor Venceslau, Universidade de São Paulo
Doutorando em Geografia HUmana

Referências

ANDERSON, William; CHATTERJEE, Lata; LAKSHMANAN, T. E-commerce, transportation and economic geography. Growth and change, vol.34, n. 4, p.415-432, 2003.

ANTAS JR., Ricardo Mendes. Território e regulação: espaço geográfico, fonte material e imaterial do direito. São Paulo: Associação Editorial Humanitas; FAPESP, 2005.

ARROYO, Mónica. Redes e circulação no uso e controle do território. In: __________; CRUZ, Rita de Cássia Ariza (orgs.). Território e circulação: a dinâmica contraditória da globalização. São Paulo: Annablume, 2015.

__________. Território, mercado e estado: uma convergência histórica. Geographia (UFF), Niterói, v.12, p.49-66, 2004.

BAUDRILLARD, Jean. O Sistema dos objetos. São Paulo: Perspectiva, 1973.

BECKER, Bertha. A geopolítica na virada do milênio: logística e desenvolvimento sustentável. In: CASTRO, Iná Elias; GOMES, Paulo C. da Costa; CORRÊA, Roberto Lobato (orgs.). Geografia: conceitos e temas. 13ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010, pp.271-307.

BRUNET, Roger. L'enjeu du transport. In: Espace Géographique. Tome 22, n°3, 1993, pp. 219-232.

BORJA, Jordi; CASTELLS, Manuel. Local y global. La gestión de las ciudades em la era de la información. México: Taurus, 2000.

CASTILLO, Ricardo. Agricultura globalizada e logística nos cerrados brasileiros. In: SILVEIRA, Márcio Rogério (org.). Circulação, transporte e logística: diferentes perspectivas. São Paulo: Outras Expressões, 2011, pp.331-354.

CHESNAIS, François. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996.

CLARKE, Graham; THOMPSON, Christopher; BIRKIN, Mark. The emerging geography of e-commerce in Britain retailing. Regional Studies, Regional Science, vol.2, n.1, pp.371-391, 2015.

CONTEL, Fábio Betioli. Território e finanças: técnicas, normas e topologias bancárias no Brasil. 2006. 343 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana) — Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

CORRÊA, Roberto Lobato. Estudos sobre a rede urbana. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006.

DIAS, Leila Christina. Réseaux d’information et réseaux urbain au Brésil. Paris: Le Harmattan, 1995. 173p.

DUPUY, Gabriel. Géographie et économie des réseaux. In: Espace géographique. Tome 22, n°3, 1993, pp. 193-209.

GOTTMANN, Jean. (1975) A evolução do conceito de território. In: Boletim Campineiro de Geografia, v.2, n.3, p.523-545, 2012.

HAESBAERT, Rogério. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. 6 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

HARVEY, David. (1989) Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 21ª ed. São Paulo: Loyola, 2011a.

__________. O enigma do capital: e as crises do capitalismo. Trad. João Alexandre Peschanski. São Paulo: Boitempo, 2011b.

LEINBACH, Thomas; BRUNN, Stanley (orgs.). Worlds of e-commerce: economic, geographical and social dimensions. Chichester: Wiley and Sons, 2001.

LEYSHON, Andrew et al. Accounting for e-commerce: abstractions, virtualism and the cultural circuit of capital. Economy and Society, vol.34, n.4, pp.428-450, 2006.

MONIÉ, Frédéric. Dinâmicas produtivas, logística e desenvolvimento territorial. In: VIDEIRA, Sandra Lúcia; COSTA, Pierre Alves; FAJARDO, Sérgio (orgs.). Geografia econômica: (re)leituras contemporâneas. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2011, pp.145-167.

MUMFORD, Lewis. A cidade na história. Belo Horizonte: Itatiaia, 1965.

NOVAES, Antônio Galvão. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição: estratégia, operação e avaliação. 10 reimpr. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

RAFFESTIN, Claude. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

SANTOS, Milton. (1978) Por uma geografia nova: da crítica da geografia a uma geografia crítica. 6ª ed. 1ª reimpr. São Paulo: Edusp, 2008.

______. A aceleração contemporânea: tempo mundo e espaço mundo. In: ______ et al (orgs.). O novo mapa do mundo: fim de século e globalização. 2 ed. São Paulo: Hucitec/ANPUR, 1994.

______. (1993) O retorno do território. In: ______; SOUZA, Maria Adélia A.; SILVEIRA, María Laura (orgs.). Território: globalização e fragmentação. 5 ed. São Paulo: Hucitec/ANPUR, 2006, p.15-20.

______. (1994) Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. 5. ed. SãoPaulo: Edusp, 2008.

______. (1996) A natureza do espaço. Técnica e tempo. Razão e emoção. 4 ed. 7 reimpr. São Paulo: Edusp, 2012.

______. (2000) Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 20ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2011.

______. (2005) Da totalidade ao lugar. 1ª ed. 1ª reimpr. São Paulo: Edusp, 2008.

______; SILVEIRA, María Laura. (2001) O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. 15 ed. Rio de Janeiro: Record, 2011.

SAVY, Michel. Logistique et territoire. In: Espace Géographique. Tome 22, n°3, 1993, pp. 210-218.

SILVEIRA, Márcio Rogério. As cinco revoluções e evoluções logísticas e seus impactos sobre o território brasileiro. In: SILVEIRA, Márcio Rogério; LAMOSO, Lisandra Pereira; MOURÃO, Paulo Fernando Cirino (orgs.). Questões nacionais e regionais do território brasileiro. São Paulo: Expressão Popular, 2009, pp.13-42.

______. Geografia da circulação, transportes e logística: construção epistemológica e perspectivas. In: SILVEIRA, Márcio Rogério (org.). Circulação, transporte e logística: diferentes perspectivas. São Paulo: Outras Expressões, 2011, pp. 21-68.

SILVEIRA, María Laura. Ao território usado a palavra: pensando princípios de solidariedade socioespacial. In: VIANA, Ana L. d’Avila; IBAÑEZ, Nelson; ELIAS, Paulo Eduardo M. (orgs.). Saúde, Desenvolvimento e Território. São Paulo: Hucitec, 2009, pp. 127-150.

SINGER, Paul. Divisão internacional do trabalho e empresas multinacionais. In: Caderno CEBRAP 28: Multinacionais: Internacionalização e crise. São Paulo: CEBRAP, 1976, p.48-86.

SPOSITO, Eliseu. Território, logística e mundialização do capital. In: SPOSITO, Eliseu Savério (org.). Dinâmica econômica, poder e novas territorialidades. Presidente Prudente: UNESP/FCT: GAsPERR, 1999, pp. 99-113.

TOLEDO, Pedro Eduardo Ribeiro. Análise geográfica dos negócios na era digital. 2012. Tese (Doutorado em Geografia) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.

VENCESLAU, Igor. Logística postal e uso do território no sul da Bahia. Boletim Campineiro de Geografia, v.2, n.3, p.500-521, 2012.

______. Correios, logística e uso do território: o serviço de encomenda expressa no Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

Publicado
2019-11-29
Seção
GT-4:­ Economia urbana, trabalho, comércio e consumo