Novos sujeitos, novas políticas, velhos problemas: Uma análise da Política Pública de Habitação na aldeia Tekohá Añetete – PR

  • Jovane Gonçalves dos Santos

Resumo

A constituição de 1988 redefiniu o “índio” perante o Estado. Paulatinamente,  esses sujeitos   vêm   conquistando espaços  junto  a sociedade nacional resultando na modificação e na ampliação de Políticas Públicas que visam atendê-los. No Paraná, desde os fins do século passado, ganha destaque a política habitacional que contemplou, com moradias, várias famílias “indígenas” em quase todas as aldeias do Estado.  A luz das teorias de “análise de políticas públicas”, este estudo vem elucidar o modo como essas moradias foram e são integradas no cotidiano Guarani, revelando alguns impactos que elas trazem para essa sociedade. Toma-se como ponto de análise a aldeia Tekohá Añetete, localizada no  município  de Diamante do Oeste, onde se procede   com entrevistas e observação participante.

Seção
GT 5 – Representação, Participação e Deliberação: desafios para a Teoria Política no século XXI