O cotidiano de jovens de periferia focando nas categorias de classe social e gênero

  • Alessandro da Silva Guimarães
  • Hiran Pinel

Resumo

Este trabalho tem como objetivo refletir a rotina cotidiana de alguns jovens de classes populares inseridos no Programa Agente Jovem de Desenvolvimento Social e Humano no Município de Vitória/ES. Os dados que seguem são parte de minha pesquisa de mestrado em que procuro descrever e analisar as trajetórias de vida e os projetos de futuro   desses   mesmos   jovens.   Entre outras conclusões   essa   pesquisa   nos   permite perceber   que   as   categorias   de   classe   social  e gênero são  fundamentais   para   se compreender  como   são   construídas   as   relações   de   sociabilidade e de inserção  e deslocamento dos jovens nos diversos espaços sociais. Podemos afirmar, dessa maneira, que existe uma desigualdade que se origina tanto das questões de classe social quanto das questões de  gênero  e  que  delimita  as  ações  e as  relações  de  sociabilidades  no cotidiano dos jovens de classes populares.

Seção
GT 8 – Redes e estilos de sociabilidades urbanas juvenis: conflito e comprometimento