VERBOS DE AÇÃO RESULTATIVA: ABORDAGEM SINTÁTICO-SEMÂNTICO-DISCURSIVA

Autores

  • Bárbara Brum
  • Lúcia Helena Rocha

Resumo

Investigamos a estrutura argumental dos verbos: “fazer”, “construir”, “organizar”,  “provocar” e “acarretar”, com vistas a detectar as características sintático-semânticas e discursivas dos verbos de ação resultativa. Para tanto, utilizamos as gramáticas de valências de Borba (1996) [2] e a Funcionalista. O corpus se constitui de textos coletados por meio de ferramenta de busca online e também de forma manual. Partimos da hipótese de que os quatro primeiros verbos selecionam um sujeito agente [+animado], [+intencional], um objeto [+concreto] e comportam-se como verbos de ação-processo, enquanto os dois últimos selecionam um sujeito causativo [-animado], [-intencional], um objeto [+concreto], comportando-se também como verbos de ação-processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-02-07

Edição

Seção

Artigos