A trajetória do Sistema de proteção social brasileiro e a reforma do Estado em tempos do neoliberalismo

Autores

  • Tatiana Reidel
  • Vanessa Maria Panozzo

Resumo

O artigo situa a concepção de política social na trajetória brasileira, evidenciando perspectivas distintas de Estado e sociedade no cenário social. Traça-se o conceito de política social que, contraditoriamente, atendeu parte dos trabalhadores e o capital, tendo como elemento mediador o Estado burguês, articulando os modelos de proteção social e cidadania em cada época. Objetiva-se analisar o sistema de proteção social por meio de pesquisa bibliográfica. Os resultados evidenciam o modo que a política social atendeu[e] a população a partir de 1990 com a concepção neoliberal - excludente e conservadora - no que se refere ao atendimento das necessidades sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana Reidel

Professora do Curso de Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Vanessa Maria Panozzo

Professora do Curso de Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2015-06-16

Edição

Seção

Comunicações Orais - Política Social e estratégias de desenvolvimento