A PRÁXIS COMUNICATIVA NO TERRITÓRIO DIGITAL: LIMITES E CONTRADIÇÕES

Autores

  • Rafael Bellan Rodrigues de Souza Universidade Federal do Espírito Santo - Vitória (ES)

Resumo

Com base em um diagnóstico crítico da relação entre as tecnologias de informação e o sistema sociometabólico do capital, analisa-se o território das disputas comunicativas dos sujeitos emancipatórios em seu papel de ampliação das lutas que desenvolvem. Colocam-se, assim, pontos para o debate. Em mirada dialética, que diagnósticos são possíveis traçar do exame do território digital, em suas potencialidades e limites? Que práxis comunicativa pode inverter as relações de poder dadas na sociedade e, nas mídias sociais? Sem uma pauta anticapitalista, é possível eliminar as relações de poder na internet? Que sistema digital queremos em uma sociedade emancipada?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Bellan Rodrigues de Souza, Universidade Federal do Espírito Santo - Vitória (ES)

Professor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Doutor em Ciências Sociais pela  Universidade Estadual Paulista (Unesp). Pesquisador do Observatório da Mídia (Ufes), do Grupo de Pesquisa Trabalho e Práxis (Ufes) e do Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho (CPCT/USP) 

Downloads

Publicado

2019-06-25

Edição

Seção

Mesa Coordenada Movimentos sociais e a práxis midiática na internet: experiências e contradições