Retrocessos no cuidado dos usuários de psicoativos: conservadorismo e agudização da punição

Autores

  • Leandro Sobral de Lima
  • Cynthia Studart Albuquerque

Resumo

A presente comunicação oral realiza uma breve apresentação das formas de tratamento destinadas as pessoas com algum transtorno mental e para os usuários de drogas ao longo do século XIX até os dias atuais no Brasil. Perpassando pelas primeiras experiências de internações, pelo processo revolucionário de Reforma Psiquiátrica e pelo avanço contrário as conquistas constitucionais operado sob o ideário neoliberal. O trabalho é então finalizado com a problematização dos desafios atuais vivenciados pela política de saúde mental, ainda em construção e para os usuários de drogas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações orais - Questão social, violência e segurança pública