A tortura no superencarceramento do Brasil contemporâneo

Autores

  • Fábio do Nascimento Simas

Resumo

O trabalho tem como objetivo contribuir no debate sobre as práticas de tortura no sistema prisional brasileiro a partir do fenômeno do superencarceramento das últimas décadas que consolida a marca de o país figurar entre os três com maior número de pessoas privadas de liberdade do mundo.  Esse processo apresenta está relacionada com as estratégias de gestão da pobreza no contexto de crise estrutural do capital. Neste sentido, o agravamento da violência de Estado de capitalismo dependente fixa sua seletividade nos segmentos criminalizáveis da classe trabalhadora composto majoritariamente por jovens, pobres e negros.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Mesa coordenada Capitalismo dependente e política social brasileira...