Os pescadores de Regência Augusta (ES) e o rompimento da barragem de Fundão

Autores

  • Aristela Vieira de Sousa
  • Angélica do Nascimento Martins

Resumo

O presente estudo tem-se por objetivo analisar como o rompimento da barragem da Samarco em Fundão influenciou na cultura e trabalho dos pescadores artesanais residentes na vila de Regência Augusta/ES. A metodologia realizada foi um estudo de caso, tendo por suporte a pesquisa de campo, a análise documental e a revisão de literatura sobre a temática. A vila de Regência Augusta/ES foi uma das 19 vilas atingidas no Espírito Santo, e a escolha da pesquisadora em estudar esse local deu-se pela forte mobilização dos pescadores em torno do crime ambiental e humano cometido pela Samarco. Após o rompimento no dia 05 de novembro de 2015 houve uma drástica mudança no intercambio entre comunidade e meio ambiente, rompendo com as formas de trabalho em reação ativa a barbárie.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações Orais - Questões agrária, urbana e ambiental