As doses diárias de alienação vividas nas comunidades terapêuticas religiosas

Autores

  • Giovanna Bardi

Resumo

Desde que surgiram no Brasil, as comunidades terapêuticas se expandem e acessam, cada vez mais, financiamento público, mesmo possuindo um viés religioso. Essa pesquisa teve como objetivo analisar os aspectos de alienação presentes nos discursos de 28 sujeitos egressos dessas instituições religiosas. Uma parte dos entrevistados demonstrou incorporação da ideologia religiosa, outra parte demonstrou uma recusa desses ensinamentos e outra parte apresentou tanto discordâncias como concordâncias com os preceitos religiosos. Concluímos que o discurso difundido pelas comunidades terapêuticas religiosas legitima o proibicionismo e oculta, por meio de um discurso individualizante, a dinâmica do capital que necessita de suas ideologias para alienar os seres humanos de ontem, de hoje e de amanhã.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações Orais - Análise, avaliação e financiamento das políticas públicas