Reflexões sobre a formação social brasileira

Autores

  • Lana Carrijo de Felipe Rodrigues
  • Daniel Luiz Pitz

Resumo

O objetivo do presente artigo é analisar o processo de formação social do Brasil. Para tanto, realizou-se diversas interlocuções buscando demonstrar as particularidades presentes na constituição do Estado brasileiro e seus desdobramentos para a classe trabalhadora. O estudo se ancorou em estudos bibliográficos de autores do pensamento social crítico brasileiro. Nesse sentido, entende-se que o Brasil se estabeleceu enquanto Estado capitalista de forma subalterna e dependente frente ao capital internacional. Expressando-se através da conciliação de interesses, com projetos políticos que não melhoram efetivamente as condições da classe trabalhadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações orais - Marxismo, teoria social e crítica da economia política