Rede de saúde para crianças com Síndrome Congênita do Zika em Vitória

Autores

  • Cinthia Alves da Silva
  • Maria Lúcia Teixeira Garcia

Resumo

O artigo analisa a rede de assistência em saúde às crianças com Síndrome Congênita do Zika (SCZ), implementada em Vitória, Espírito Santo, a partir de 2015. Objetiva-se compreender como ações e serviços foram ofertados, cotejando-os às orientações do Ministério da Saúde (MS). Trata-se de Estudo de Caso e pesquisa qualitativa. Realizamos entrevista semiestruturada com representante da gestão municipal de saúde e 17 profissionais de 9 serviços da rede assistencial e pesquisa documental. O município seguiu as recomendações do MS. Permanecem dificuldades (anteriores ao ZIKV) para acesso às ações e serviços e surgem novas necessidades (algumas delas atendidas, outras não). Concluímos que as necessidades de saúde das crianças foram atendidas no âmbito do já ofertado pelo Sistema Único de Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações orais - Política de saúde: 30 anos da Lei orgânica da saúde