Instrumentalidade sob ótica dos (das) Assistentes Sociais em Belém (PA)

Autores

  • Jheninffer Priscila Matos de Figueiredo

Resumo

Segundo Guerra (200) o processo de trabalho é compreendido como um conjunto de atividades prático-reflexivas que objetivam determinadas finalidades, sendo as quais dependem da existência, da adequação e também da criação dos meios e das condições tanto objetivas quanto subjetivas, para tal implica em manipular, dominar e controlar um matéria natural que resulte na sua transformação. Este movimento de transformar a natureza é trabalho e a instrumentalidade do Serviço Social é essa capacidade de modificar a realidade a favor dos objetos profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03