Formação e trabalho das/os assistentes sociais no capitalismo brasileiro contemporâneo

Autores

  • Ivelize Oliveira Ferraz

Resumo

Esta comunicação aborda a especificidade do Serviço Social frente ao contexto de intensas transformações no mundo do trabalho, evidenciando que tais mudanças na dinâmica do capitalismo afetam os processos de trabalho e os sujeitos, bem como provocam redefinições no Estado e nas políticas sociais, desencadeando, ainda, novas demandas e desafios ao trabalho e à formação profissional do assistente social. São apresentados, ainda, dados coletados durante uma pesquisa de campo, buscando identificar o perfil profissional dos recém-formados em Serviço Social e compreender quais são as situações vivenciadas no que diz respeito à inserção (ou não) no mercado de trabalho do assistente social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações Orais - Serviço social: fundamentos, formação e trabalho profissional