Trajetória e Explicações da Violência Homicida no Espírito Santo, Brasil

Autores

  • Matheus Boni Bittencourt

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar a variação da taxa de homicídios dolosos no Espírito Santo, entre 1996 e 2015. A metodologia se valeu de dados quantitativos de mortalidade e socioeconômicos, modelados em séries temporais, regressão linear simples e regressão linear múltipla. As variáveis explicativas incluíram a desigualdade, desemprego, consumo de drogas ilícitas, acesso a armas de fogo, gasto estadual per capita com segurança pública, políticas “integradas” ou “tradicionais” de segurança pública, efetivo policial e encarceramento. Os resultados da análise multivariada apontam a desigualdade social, o consumo de drogas ilícitas e o tipo de política de segurança como causas significativas da violência homicida dolosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações Orais - Direitos humanos, segurança pública e sistema jurídico