Mulheres, Drogas e Prisões: A população feminina privada de liberdade na região metropolitana de Porto Alegre/RS

Autores

  • Aline Mattos Fuzinatto
  • Míriam Thaís Guterres Dias

Resumo

Este artigo deriva da pesquisa de dissertação de mestrado em Política Social e Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faz uso do banco de dados da investigação “Mulheres privadas de liberdade: Contexto de violências e necessidades decorrentes do uso de drogas”, desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa Saúde, Gênero e Vulnerabilidade, financiada pelo Edital FAPERGS/MS/CNPq/SESRS n. 03/2017 – do Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde – PPSUS.  Foram entrevistadas 75 mulheres privadas de liberdade na região metropolitana de Porto Alegre/RS. Serão apresentados os dados socioeconômico e demográfico e sobre drogas de abuso, discutidos a partir do conceito de interseccionalidade, considerando a sobreposição de opressões de gênero, raça/etnia e classe social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações Orais - Classe social, gênero, raça, etnia e diversidade sexual