Os “Povos das Águas” e a Política de Assistência Social no Amazonas

Autores

  • Patrício Azevedo Ribeiro
  • Loiana Pereira Fonseca

Resumo

Este artigo analisa a dinâmica de acesso das famílias ribeirinhas, denominada também de “povos das águas”, no Amazonas à política de assistência social, tendo como lócus de investigação a comunidade de várzea Vila Nova, município de Parintins; faz ainda uma reflexão sobre as contribuições dessa política à condição de vida das famílias. A pesquisa, de natureza qualitativa, pautou-se no estudo de caso; os dados de campo foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e formulário aplicado a 10 famílias da comunidade. Conclui-se que, as famílias ribeirinhas enfrentam desafios territoriais, geográficos e “informacionais” para acessar as políticas públicas; há uma intervenção pontual da assistência social distanciando-se do que prevê suas diretrizes documentais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Comunicações Orais - Pobreza e desigualdades no capitalismo contemporâneo