O contexto sócio-histórico e político da formação profissional em Serviço Social: desafios contemporâneos postos ao estágio supervisionado em Serviço Social

Autores

  • Renata Lígia Rufino Neves de Souza

Resumo

Este artigo tem como proposta fazer uma análise dos aspectos sócio históricos da formação profissional em Serviço Social, com ênfase nas Diretrizes Curriculares de 1996 e a concepção de estágio contida neste documento. Nesse percurso, analisa os fundamentos, controvérsias   e os desafios postos não só paro o estágio supervisionado, mas para a formação profissional do assistente social no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Lígia Rufino Neves de Souza

Assistente Social; mestre em Serviço Social pela UFPB; docente do curso de graduação em Serviço Social da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras – FAFIC.

Downloads

Publicado

2015-06-16

Edição

Seção

Comunicações Orais - Serviço social: fundamentos, formação e trabalho profissional