[1]
C. ZANOTELLI, “Por uma Geografia dos espaços vividos de Angelo Serpa”, Geografares, vol. 1, nº 30, p. 206, jul. 2020.