ENSAIO SOBRE A TENDÊNCIA NEOCONSERVADORA NA SAÚDE: PROBLEMATIZAÇÕES NO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO

Autores

  • BRUNA MARIA DE SOUSA DO NASCIMENTO

Resumo

Resumo: O artigo versa sobre os elementos que atravessam o debate da saúde no Brasil nos marcos atuais do capitalismo, entendendo-a como necessidade da vida social do ser humano genérico. A proposta é levantar questões sobre seu quadro, os resíduos do passado, o processo em curso e os divergentes projetos em disputa. Além disso, o desmonte das políticas e direitos sociais, a tendência neoconservadora e suas formas de expressão na contemporaneidade, coonsiderando a contrarreforma estatal, o neoliberalismo, a dinâmica brasileira em contexto de mundialização do capital, as resistências e lutas sociais mediante os retrocessos para os trabalhadores no país.

Palavras-chave: saúde; neoconservadorismo; política social; contrarreforma do estado; neoliberalismo.

Downloads

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Política Social e Serviço Social