IMPACTOS DA RADICALIZAÇÃO DO CAPITAL NA PROTEÇÃO SOCIAL BRASILEIRA

Autores

  • PRISCILA AMBROZIO GONÇALVES

Resumo

Resumo: O presente artigo é fruto de partes das reflexões da pesquisa de Mestrado em Serviço Social que buscou analisar o processo de constituição da Proteção Social brasileira atravessada por práticas assistências conservadoras no bojo da filantropia enquanto benemerência e ajuda mútua. Hoje, com a radicalização do capital, a Proteção Social passa por um processo de refilantropização para atender aos interesses da economia e, mais uma vez, retomar suas bases tradicionais.

Palavras-chave: Assistência Social; Filantropia; Proteção Social.

Downloads

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Política Social e Serviço Social