SERVIÇO SOCIAL, PRECARIZAÇÃO E PROJETO ÉTICO-POLÍTICO: DESAFIOS À FORMAÇÃO E EXERCÍCIO PROFISSIONAL NO ESTADO DA PARAÍBA

Autores

  • BÁRBARA DA ROCHA FIGUEIREDO CHAGAS
  • GLAYCE KELLY RODRIGUES LOPES
  • MARIA DO LIVRAMENTO SABINO DOS SANTOS
  • MARIA SELMA DOS SANTOS GUEDES
  • MARIA CLARA EZEQUIEL BEZERRA

Resumo

Resumo: O presente artigo apresenta resultados da pesquisa integrante do projeto de iniciação científica (PIBIC) intitulado “FORMAÇÃO PRECÁRIA, TRABALHO PRECÁRIO: desafios contemporâneos à formação e exercício profissional dos/as assistentes sociais na Paraíba”. Propõe-se analisar algumas expressões da precarização na formação profissional e no mercado de trabalho em Serviço Social, identificando os desafios postos ao Projeto Ético-político. Para tanto, foi realizada pesquisa de cunho documental. A pesquisa identificou inúmeras expressões da precarizaçao no bojo do processo de expansão da formaçao em serviço social e do seu mercado de trabalho, que compõem um cenário de desafios ao projeto profissional do Serviço Social.

Palavras-chave: Serviço Social; Formação Profissional; Mercado de trabalho; Precarização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Serviço Social, Fundamentos, Formação e Trabalho Profissional