A política social no contexto de crise: particularidades do caso brasileiro

Autores

  • Milena Gomes de Medeiros Universidade Federal de Pernambuco-UFPE Universidade Estadual do Rio Grande do Norte
  • Franciclézia de Sousa Barreto Silva Docente do departamento de Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v8i1.11079

Resumo

Este trabalho se propõe a analisar as tendências da Política Social no contexto de crise capitalista, processo complexo e contraditório, que no caso brasileiro, tem se operado particularmente sob a égide de contra-reformas do Estado. O entendimento dos caminhos e descaminhos, traçados pela Política Social nos permite afirmar que a crise econômica não se configura como único determinante, muito menos, os reajustes de paradigma. Eles decorrem de um único processo, de natureza estrutural, que articula diversas dimensões, sob o comando único do capital, com fins a ampliar seus processos de valorização.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena Gomes de Medeiros, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE Universidade Estadual do Rio Grande do Norte

Departamento de Serviço Social

Departamento de Economia

 

Franciclézia de Sousa Barreto Silva, Docente do departamento de Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

Doutoranda em Planejamento Urbano e Regional na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Docente do departamento de Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Downloads

Publicado

2016-05-08

Como Citar

Medeiros, M. G. de, & Silva, F. de S. B. (2016). A política social no contexto de crise: particularidades do caso brasileiro. Argumentum, 8(1), 76–85. https://doi.org/10.18315/argumentum.v8i1.11079