ESPECIFICIDADES DAS PERIFERIAS NAS METRÓPOLES DE CURITIBA E BELÉM

Autores

  • Luiz Felipe Élicker Universidade Federal do Paraná
  • Olga Lúcia Castreghini de Freitas Firkowski Universidade Federal do Paraná

Resumo

Este trabalho tem por objetivo compreender os distintos processos de periferização nas metrópoles de Curitiba e Belém. Para isso, utiliza de pesquisa bibliográfica, análise de dados oficias e do método da comparação para assimilar semelhanças e distanciamentos dos objetos de estudo. Admite-se que o processo de ocupação do território, considerando fatores naturais e sociais, produzem espacialidades distintas, que são sintetizados por conceitos comuns, como o de centro e de periferia. Dessa forma, esses conceitos são retomados em sua pluralidade e no relacionamento enquanto Brasil/colônia portuguesa, convergindo na materialidade encontrada nas periferias dos dias de hoje, ora localizadas em áreas de ocupação consolidas, ora em áreas de expansão do tecido urbano, e que podem ser compreendidas através dos aglomerados subnormais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Felipe Élicker, Universidade Federal do Paraná

Estudante de Geografia na Universidade Federal do Paraná - UFPR. Tem experiência na área Geografia Humana, com ênfase em Geografia Urbana. Vinculado ao Laboratório de Dinâmicas Metropolitanas (LaDiME/UFPR) como Bolsista de Iniciação Científica (PIBIC).

Olga Lúcia Castreghini de Freitas Firkowski, Universidade Federal do Paraná

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1984), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1989), doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2001) e pós-doutorado pela Université Paris 1- Panthéon-Sorbonne, (2007-2008). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Paraná, pesquisadora junto ao INCT/Observatório das Metrópoles e coordenadora do Núcleo Curitiba do Observatório das Metrópoles. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbano-Industrial, atuando principalmente nos seguintes temas: curitiba, indústria automobilística, cidade, aglomerado metropolitano e espaço urbano.

Referências

BELÉM, Prefeitura Municipal de; Dados sobre o município: anuário estatístico de Belém. Disponível em:<http://www.belem.pa.gov.br/transparencia/?page_id=1360>, acesso: 17 jun. 2019.

CARDOSO, A. C. D. FERNANDES, D. A. LIMA, J. J. F. Belém: quatro décadas da região metropolitana de Belém, uma variante do processo de metropolização brasileiro. In: RIBEIRO, Luiz Cesar de Queiroz. RIBEIRO, Marcelo Gomes (Org.) Metrópoles brasileiras: síntese da transformação na ordem urbana 1980 a 2010. 1. ed. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2018, p. 23-46.

COSTA, L. M. G. BRITO, L. S. A. (Re) Ordenamento Territorial Urbano e Segregação Socioespacial em Belém. Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Pará (IHGP). Belém, v. 01, n. 1, jan./jun. 2014, p. 13-30. DOI 10.17553/2359-0831/ihgp.n1v1p13-30.

CURITIBA, Prefeitura Municipal de; Perfil da Cidade de Curitiba. Disponível em: <https://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/perfil-da-cidade-de-curitiba/174>, acesso: 17 jun. 2019.

FIRKOWSKI, O. L. C. F. Localização Industrial e Extensão Urbana em Curitiba. In: MOURA, Rosa. FIRKOWSKI, Olga Lúcia Castreghini de Freitas (Org.) Dinâmicas Intrametropolitanas e Reprodução do Espaço na Região Metropolitana de Curitiba. 1. Ed. Curitiba: Letra Capital, 2009, p. 157-173.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Aglomerados subnormais: primeiros resultados - shapefile limites. Disponível em: <https://www.ibge.gov.br/geociencias/organizacao-do-territorio/tipologias-do-territorio/15788-aglomerados-subnormais.html?=&t=downloads>, acesso: 17 jun. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010: Universo – Aglomerados subnormais. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/belem/pesquisa/23/25359?detalhes=true&localidade1=410690>, acesso: 06 jun. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010 Aglomerados subnormais Primeiros resultados. Rio de Janeiro, 2011. 259p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010 Aglomerados subnormais Informações territoriais. Rio de Janeiro, 2013. 251p.

INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA (IPPUC). Dados geográficos: divisa de bairros – (agosto/2018). Disponível em: <http://ippuc.org.br/geodownloads/geo.htm>, acesso: 17 jun. 2019.

KOWARICK, L. Escritos urbanos. 2 ed. São Paulo: Editora 34, 2000, 144p.

LIMA, J. J. F. SANTOS, R. B. SENA, L. F. A. ARAÚJO, C. L. C. Estrutura Social da Região Metropolitana de Belém. In: CARDOSO, Ana Cláudia Duarte. LIMA, José Júlio Ferreira Lima (Org.) Belém: Transformações na Ordem Urbana. 1. ed. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2015, p. 145-172.

RITTER, C. Os processos de periferização, desperiferização e reperiferização e as transformações socioespaciais no aglomerado metropolitano de Curitiba. 2011. 298 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

RUSSEL-WOOD, A. J. R. Centros e periferias no mundo luso-brasileiro, 1500-1808. Rev. bras. Hist., São Paulo, v. 18, n. 36, p. 187-250, 1998. Disponível em: <www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01881998000200010&lng=pt&tlng=pt>, acesso: 11 fev. 2019.http://dx.doi.org/10.1590/S0102-01881998000200010.

SILVA, M. N. A dinâmica de produção dos espaços informais de moradia e o processo de metropolização de Curitiba, 2012. 259 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2012.

SPOSITO, M. E. B. Novos conteúdos nas periferias urbanas das cidades intermediárias do Estado de São Paulo, Brasil. Investigaciones Geográficas, [Sl], n. 54, p. 114-139, 2012. ISSN 2448-7279. Disponível em: <http://www.investigacionesgeograficas.unam.mx/index.php/rig/article/view/30185>, acesso: 01 jun. 2019. http://dx.doi.org/10.14350/rig.30185.

SPOSITO, M. E. B. Oportunidades e Desafios da Pesquisa Urbana Comparada. In: FIRKOWSKI, Olga Lúcia Castreghini de Freitas et al. (Org.). Estudos urbanos comparados: oportunidades e desafios da pesquisa na América Latina. 1ª Ed. San Miguel de Tucumán: Universidad Nacional de Tucumán, 2016, p. 123-150.

Downloads

Publicado

2019-11-28

Edição

Seção

GT-2: Metrópole, metropolização e dinâmica espacial contemporânea