O cuidado em Heidegger como aprofundamento da intencionalidade husserliana

Autores

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar a intencionalidade e sua modificação na filosofia de Martin Heidegger em relação ao pensamento de Edmund Husserl. Realizamos uma pesquisa que inicia na teoria husserliana da intencionalidade como um elemento fundamental da consciência. Em seguida, apresentamos como a fenomenologia heideggeriana se transformou com o apoio da hermenêutica e como ela se distanciou das teses fenomenológicas de seu professor. Por último, mostramos qual a definição que Heidegger atribui à intencionalidade e como a estrutura ontológica chamada cuidado é um aprofundamento deste conceito, o que lhe atribui uma rica significação diante das teorias modernas que ainda estavam bastante evidentes na filosofia de Husserl.

Biografia do Autor

Ana Carla de Abreu Siqueira, Universidade Federal do Ceará

Doutoranda em Filosofia

Downloads

Publicado

2019-12-22