https://periodicos.ufes.br/ppgadm/issue/feed Revista Gestão & Conexões 2020-06-17T09:38:47-03:00 Programa de Pós Graduação em Administração gestao.conexoes@gmail.com Open Journal Systems https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/27643 Business-to-Business: estudo sobre os negócios da construção civil de pequeno porte 2020-04-10T11:50:00-03:00 José Edson Lara jedson.lara@hotmail.com Luis Fernando Jeckel jeckel.lf@gmail.com Wendel Alex Castro Silva wendel.silva@unihorizontes.br Eduardo Trindade Bahia etbahia@gmail.com <div><span lang="PT-BR">A contribuição das Engenharias para o desenvolvimento da sociedade vem sendo destacada na literatura há muito tempo. Entretanto, estudos sobre o escopo e as estratégias de negócios <em>business-to-business</em> ainda são escassos. Esta pesquisa objetiva analisar como pequenas empresas da construção civil atuam nos negócios <em>business-to-business. </em>Utilizou-se um modelo analítico com quatro dimensões: busca e relacionamento, gerenciamento, aprendizagem e inovações com parcerias. Trata-se de um um estudo qualitativo cujos dados foram coletados por meio de entrevistas e analisados com apoio do <em>software Vosviewer</em>. Os resultados permitiram constatar que o sucesso alcançado e os impactos relativos aos resultados de mercado estão positivamente relacionados com os elementos do modelo adotado. A originalidade do estudo consiste na proposição de um modelo de construtos e variáveis para estudos futuros, associando o modelo do <em>business-to-business</em> ao modelo da hélice quíntupla, direcionando tal negócio para a Quarta Revolução Industrial.</span></div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/27458 Avaliação de Estratégias aplicadas na manutenção pesada ferroviária 2020-04-10T11:50:41-03:00 Lucas Budel Paes Leme lucasbudel.leme@gmail.com Andréa Ryba Lenzi andrea.ryba@ufpr.br Roberto Gregorio da Silva Junior roberto.gregorio@ufpr.br <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>O setor ferroviário brasileiro apresenta perspectivas de crescimento, demandando, assim, estratégias que propiciem maior confiabilidade e disponibilidade operacional, evitando ociosidades e atrasos, bem como garantindo a segurança na operação. Nesse sentido, este estudo teve como objetivo a identificação de estratégias para melhorias no setor de manutenção pesada de uma empresa concessionária do setor ferroviário. Para tal finalidade, foi realizada uma pesquisa-ação, contemplando diagnóstico preliminar, avaliação das estratégias e proposição de melhorias. Os resultados indicaram uma orientação para perspectivas tradicionais, como segurança, custos e reputação, e indicaram oportunidades de melhorias, contemplando relacionamento com a comunidade, estratégia de terceirização e diminuição do choque cultural entre colaboradores, entre outras. Além disso, a pesquisa propiciou o compartilhamento de opiniões, experiências e visões de futuro, e fez emergir falhas e lacunas estratégicas que serão tratadas oportunamente pela empresa.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/28634 “Uma hora o trabalho começou a atrapalhar”: Os diferentes sentidos do trabalho de um dependente químico em recuperação 2020-04-10T11:46:38-03:00 Fernando Ressetti P. Marques Vianna fvianna2009@hotmail.com Juliana Previatto Baldini Tonon julianabaldini@yahoo.com.br Leonardo Tonon leotonon@gmail.com Aline Ferreira alinesf87@gmail.com <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>O objetivo deste estudo é analisar o papel do sentido do trabalho e suas alterações na trajetória de Don, um dependente químico de 35 anos. Adotamos o método de história de vida, para analisarmos o imbricamento entre os sentidos atribuídos por Don aos trabalhos que desenvolveu ao longo da sua trajetória e seu envolvimento com substâncias psicoativas, do início do uso até a recuperação. Por meio desse método observamos que os sentidos atribuídos ao trabalho pelo sujeito são alterados de acordo com cada etapa da sua vida, desde o momento em que só a droga faz sentido até seu tratamento, quando a vida precisa de novos sentidos. Esta pesquisa traz uma contribuição inovadora dentro dos campos do tratamento da dependência química e do mundo do trabalho, por integrarmos a teoria do sentido do trabalho ao modelo transteórico de mudança em um estudo empírico.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/27649 Going Mobile: oportunidades, barreiras e fatores críticos de sucesso para iniciativas de M-Government 2020-04-10T11:49:24-03:00 Leandro Mitsuo Hanada leandrohanada@gmail.com Elaine Tavares elaine.tavares@coppead.ufrj.br Isabel de Sá Affonso da Costa isabelsaacosta@hotmail.com <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>Nesta pesquisa foram identificados oportunidades, barreiras e fatores críticos de sucesso para iniciativas de governo eletrônico em plataforma móvel (<em>m-government</em>), e foi desenvolvido um quadro analítico para futuras pesquisas sobre a adoção de tecnologias móveis da informação e comunicação (mTICs) no setor público. Constituíram o escopo da pesquisa: serviços de governo eletrônico com tecnologia móvel prestados por meio de <em>smartphones</em> e <em>tablets</em>; projetos que conectam o governo ao cidadão; projetos internos do governo que conectam os seus funcionários por meio da tecnologia móvel; portais que fornecem serviços das três esferas públicas; canais do governo com a iniciativa privada. Foi realizado levantamento bibliográfico dos artigos publicados no Portal de Periódicos Capes, entre 2000 e 2019. Evidenciou-se que o sucesso na implantação das iniciativas de <em>m-government</em> envolve fatores além dos relativos à tecnologia. Processos, parcerias, legislação, políticas e impactos socioeconômicos cabem ao contexto analisado, e fornecem um panorama abrangente de elementos que influenciam projetos em <em>m-government</em>.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/28077 Qual é o lugar das narrativas na mudança organizacional? uma metassíntese de estudos de casos qualitativos 2020-04-10T11:48:32-03:00 Rodrigo Seefeld rodrigoseefeld@gmail.com Jéssica Cristina Ceni jeh_jcc@hotmail.com <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>De acordo com a perspectiva de processos, organizações deixaram de ser consideradas substâncias, tornando-se mudanças. Ou seja, todas as coisas na realidade social, e não apenas as organizações, estão em constante fluxo de vir a ser (<em>becoming</em>), de transformação. Uma forma pela qual a mudança se estabelece é por meio de narrativas. O objetivo da presente pesquisa é compreender de que maneira as narrativas são empregadas na mudança organizacional. Foi realizada uma metassíntese a partir dos pressupostos formulados por Hoon (2013). A pesquisa possui abordagem qualitativa, de caráter descritivo e exploratório. Ao final da análise, constitui uma contribuição à teoria a ideia de que para uma mudança se tornar legítima e ser absorvida pelos membros organizacionais, são utilizadas narrativas como ferramenta de criação de sentido e de alinhamento para a manutenção e a legitimação do seu processo.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/28544 Gestão colaborativa e gestão de risco: um estudo sobre capacidades complementares 2020-04-10T11:47:26-03:00 Mauro Vivaldini mavivald@gmail.com <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>A gestão de risco e a gestão colaborativa sinalizam complementaridades e contribuem para a mitigação de riscos e a redução das incertezas na cadeia de suprimentos. Esta pesquisa explora essas duas abordagens na intenção de responder se tal afirmação pode ser aplicada em operações de food- service. Realizou-se um estudo exploratório com 13 empresas pertencentes a mesma cadeia de suprimentos. Com base em aspectos de convergência entre as abordagens foram estabelecidas cinco proposições, as quais foram avaliadas na pesquisa de campo com 34 profissionais. Para a análise dos dados utilizou-se estatística descritiva e teste estatístico pareado. Resultados destacaram que as questões relacionadas as perdas comprometem a inserção da gestão de risco na gestão colaborativa, e incorpora fracamente a mitigação e as incertezas.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/27260 Processo de influência na decisão de compra de tênis esportivos por corredores frequentes 2020-04-10T11:51:18-03:00 Rafael Queiroz Silveira rafaqs@gmail.com Aridelmo J. C. Teixeira aridelmo@fucape.br Silvania Neris Nossa silvanianossa@fucape.br <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>O objetivo deste estudo é examinar se a decisão de compra por consumidores brasileiros e norte-americanos sofre influência de corredores maratonistas ou de grupo de corrida de forma similar. Para investigar o impacto da figura do endorser de marca ou de grupo de referência na escolha do material esportivo, foram desenvolvidos dois experimentos na plataforma Qualtrics, comparando a decisão de compra de brasileiros e norte-americanos, para verificar se eles são influenciados por dois grupos de referência (maratonistasversus grupo de corrida). O resultado apurado mostrou que os consumidores brasileiros se comportam de maneira diferente dos consumidores norte- americanos quando expostos ao mesmo experimento. Os resultados encontrados podem ajudar as empresas a entenderem melhor o consumidor e, assim, a adotarem diferentes estratégias para atingi-lo de forma mais assertiva.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/28344 Análise de relacionamentos interorganizacionais: um estudo a luz da Teoria dos Custos de Transação 2020-04-08T19:02:08-03:00 Aline Ferreira ferreira.aline58@gmail.com Sérgio Gomes scgomes03@uol.com.br <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>O objetivo desta pesquisa foi analisar os atributos presentes nas transações entre hotéis e fornecedores de alimentos à luz da Teoria dos Custos de Transação. Trata-se de um estudo de caso múltiplos, de natureza descritiva, com abordagem multimétodos. Dados foram coletados por meio de questionário e entrevistas junto a gestores dos hotéis investigados. Os dados quantitativos foram analisados por meio de estatística descritiva enquanto que os dados qualitativos foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. Os principais resultados demonstraram a existência de baixo custo de transação ex-ante e ex-post entre hotéis e fornecedores de alimentos; a predominância de contratos formais e por temporada; que o mercado é o sistema de governança dos contratos; e, ainda, que os produtos alimentícios comprados pelos hotéis apresentam especificidades locacional e temporal.</p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/30675 Expediente 2020-05-30T16:26:30-03:00 Lucilaine Pascuci gestao.conexoes@gmail.com <div class="page" title="Page 2"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>A Revista Gestão &amp; Conexões é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGAdm/CCJE/UFES). Sua missão é contribuir para a discussão interdisciplinar da gestão organizacional, através da divulgação de artigos (teóricos e empíricos) e notas bibliográficas, no campo da Administração, subsidiando as atividades acadêmicas e a ação administrativa em organizações públicas, privadas e/ou do terceiro setor...</p> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/30677 Editorial 2020-05-30T16:28:26-03:00 Lucilaine Pascuci gestao.conexoes@gmail.com <div class="page" title="Page 1"> <div class="section"> <div class="layoutArea"> <div class="column"> <p>Caríssimos leitores, temos a satisfação de publicar a segunda Edição do Volume 9 (maio/ago. 2020) da Revista Gestão &amp; Conexões (REGEC). Neste Editorial apresentamos novidades recentes a respeito da REGEC, assim como, os artigos que compõem esta edição. Aproveitamos para convidá-los a acessarem o <em>website</em> da Revista e os artigos publicados, bem como, conhecerem os <em>Call for Papers</em> para as edições especiais programadas. Boa Leitura!</p> <p> </p> </div> </div> </div> </div> 2020-06-17T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Gestão & Conexões