https://periodicos.ufes.br/ppgadm/issue/feed Revista Gestão & Conexões 2021-06-30T00:00:00+00:00 Kátia C. de Araujo Vasconcelos gestao.conexoes@gmail.com Open Journal Systems https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/35893 Editorial 2021-06-29T18:32:38+00:00 Kátia Cyrlene de Araujo Vasconcelos katiacavasconcelos@gmail.com 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/35895 Expediente 2021-06-29T18:48:48+00:00 Kátia Cyrlene de Araujo Vasconcelos katiacavasconcelos@gmail.com 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/27687 Mudança Organizacional sob Diferentes Percepções: o Caso da Adesão de um Hospital Universitário a EBSERH 2021-02-04T09:38:22+00:00 Gisele Serafim Cardoso dos Santos gica.agata@bol.com.br Thiago Soares Nunes adm.thiagosn@gmail.com Suzana da Rosa Tolfo srtolfo14@gmail.com <p>Em 2011 o Governo Federal criou a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), para reestruturar os hospitais universitários. A partir disso, várias instituições aderiram à gestão pela empresa, incluindo a organização de estudo em 2015 após aprovação do Conselho da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Este artigo objetiva compreender as percepções dos trabalhadores do Hospital Universitário (HU/UFSC) em relação à mudança organizacional no mesmo. A pesquisa é caracterizada como estudo de caso, de natureza qualitativa e descritiva. A coleta de dados consistiu em entrevistas e observação não-participante, com a utilização de análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa são demonstrativos de que a adesão à EBSERH foi complexa e desafiadora, as quais trouxeram diferentes reações e resistências à mudança. Houve também pouca avaliação efetiva do processo por parte dos gestores, dada a comunicação limitada entre os envolvidos.</p> 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/31646 Análise de interação entre autoeficácia criativa e perfil empreendedor na predição da intenção empreendedora entre universitários 2021-04-02T22:00:01+00:00 Heila Magali Silva Veiga heila.veiga@gmail.com Pedro Afonso Cortez cor.afonso@gmail.com <p>A intenção empreendedora prediz a abertura de um novo negócio. O desenvolvimento de características empreendedoras pode ser feito ao longo de toda a vida, mas no nível superior as ações são mais frequentes e efetivas. Assim sendo, objetivou-se verificar a interação entre perfil empreendedor (PE) e autoeficácia criativa (AE) na predição da intenção empreendedora (IE) entre universitários. A amostra foi composta por 309 estudantes dos cursos de Direito (n = 30), Economia (n = 39), Engenharia Mecatrônica (n = 43), Engenharia Mecânica (n = 43), Pedagogia (n = 42), Psicologia (n = 67) e Relações Internacionais (n = 35). Foram aplicadas escalas com evidências de validade empírica para todos os construtos. Os resultados mostraram os impactos diretos de PE na IE e as interações positivas e negativas de PE*AE na IE, o que demonstra que o PE precisa ser analisado em função de outras variáveis para predizer satisfatoriamente a intenção empreendedora.</p> <p> </p> 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/33641 Teoria do Nível de Interpretação: Revisão Sistemática da Literatura e Oportunidades de Pesquisa 2021-03-07T21:28:20+00:00 Vanderlei dos Santos vanderleidossantos09@gmail.com Ilse Maria Beuren ilse.beuren@gmail.com <p>O estudo objetiva mapear o uso da Teoria do Nível de Interpretação (<em>Construal Level Theory</em> - CLT) nas publicações em periódicos internacionais com vistas na identificação de oportunidades de pesquisas. Para análise bibliométrica e sistêmica foram selecionados 50 artigos de seis bases internacionais. Os resultados mostraram que a maioria dos estudos explora apenas uma dimensão psicológica. O uso simultâneo de diferentes dimensões psicológicas com o mesmo evento revela-se uma lacuna de pesquisa. Um número restrito de estudos investigou eventos organizacionais, o que caracteriza uma oportunidade de pesquisa. Destaca-se o exíguo acervo com a inserção desta teoria na análise de temas da área de administração e contabilidade. O uso da CLT é recente em estudos internacionais e apresenta diversas possibilidades de pesquisa, principalmente na área de administração e contabilidade. Sua exploração contribui para compreender por que pessoas interpretam os mesmos eventos de modo distinto e seus efeitos na tomada de decisões.</p> 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/28972 Transparência na Gestão Pública: Evidências da Produção Científica Nacional e Agenda de Pesquisa 2021-04-02T21:52:30+00:00 Monize Sâmara Visentini monize.visentini@uffs.edu.br Ari Söthe ari.sothe@uffs.edu.br Liara Laís Scheid liarascheid@yahoo.com.br Vanessa Unfried Fenner va.fenner@hotmail.com <p>Este artigo se propõe a avaliar a produção científica nacional acerca da transparência na gestão pública, tendo como marco balizador a publicação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), abarcando 19 anos (2000-2018) de produção acadêmica. Fez-se a revisão de 63 estudos, encontrados nas bases de dados Capes e Scielo, para abordar duas questões a partir de Cucciniello, Porumbescu, e Grimmelikhuijsen.(2016): Quais as formas de transparência da gestão pública identificadas na literatura? Que resultados a literatura tem atribuído à transparência da gestão pública? Conclui-se que os estudos nacionais sobre o tema da transparência pública emergiram especialmente a partir da publicação da Lei de Acesso a Informação (LAI) e concentram-se em pesquisas empíricas com ênfase no nível municipal. Quanto às formas e resultados da transparência, os estudos concentram seus esforços em abordar os aspectos administrativos, orçamentários, responsabilidade e desempenho, deixando de lado o estudo dos aspectos políticos, de tomada de decisão dos gestores, participação e satisfação da sociedade</p> 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/34596 Idosos de Baixa Renda, Violência Financeira e Crédito: O olhar da Transformative Consumer Research 2021-05-27T20:22:52+00:00 Gustavo Tomaz de Almeida gustavo.almeida@uemg.br Georgiana Luna Batinga georgiana.luna@gmail.com Bruno Medeiros Ássimos bruno.assimos@gmail.com Marcelo de Rezende Pinto marcrez@hotmail.com <p>Este artigo pauta-se em discussões que articulam os temas consumo de crédito, violência financeira e idosos de baixa renda, sob a ótica da <em>Transformative Consumer Research</em> (TCR). Seu objetivo é entender a violência financeira para com idosos de baixa renda por meio da assimilação do modus operandi do mercado de crédito. Por meio da etnografia que se baseou em uma observação participante, em relatos em diários de campo e em entrevistas individuais semiestruturadas, chegou-se a três categorias de análise: o empréstimo como objeto de consumo, as duas faces da violência financeira e o idoso na condição de provedor familiar. Os resultados do estudo apontam que as relações conflituosas vivenciadas pelos consumidores e as forças do mercado, da família e do governo provocam efeitos que reforçam a experiência da violência financeira no contexto do consumo de crédito.</p> 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões https://periodicos.ufes.br/ppgadm/article/view/28682 As Identidades da Galeria do Maletta no Decorrer da sua História: um Espaço de Negócios, de Luxo, de Resistência Política e de Boemia 2021-05-27T19:00:48+00:00 Oscar Palma Lima lima.oscar@hotmail.com José Vitor Palhares titopalhares@hotmail.com Alexandre de Pádua Carrieri alexandre@ufmg.face.br Marllon Emanoel Souza Medeiros Vasconcelos marllon.vasconcelos@hotmail.com <p class="PalavrasChave"><span style="font-family: 'Arial',sans-serif; letter-spacing: -.3pt;">Atualmente, a Galeria do Maletta constitui um dos espaços cotidianos de destaque na cidade de Belo Horizonte devido à concentração de diversos negócios que revelam histórias próprias associadas a uma história coletiva da galeria. O objetivo deste artigo foi analisar a (re)construção das identidades da Galeria do Maletta no decorrer de sua história. Como técnicas de coleta de dados, utilizamos a pesquisa documental, observações sistemáticas no cotidiano da galeria e das organizações investigadas e entrevistas semiestruturadas com os comerciantes que ali trabalham. Os dados coletados foram analisados por meio da Análise do Discurso. Desse modo, constatamos que a identidade do Maletta passou por diversas transformações no decorrer de sua história, sendo apreendida como espaço de luxo, de resistência política, de boemia, etc. Nessas construções, destacamos os usos de diversas ferramentas históricas e espaciais, como imaginários sociais pré-estabelecidos, nós, redes e a demarcação de fronteiras com o restante da cidade</span></p> 2021-06-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista Gestão & Conexões