Teorias de justiça na alfabetização política

Autores

  • Danielly da Costa Vila Real

Resumo

Este artigo faz uma revisão bibliográfica sobre conceitos de justiça distributiva e justiça cultural, situando-os como conteúdos básicos de uma alfabetização política, indispensáveis aos processos de aprendizagem de instituições que contribuem para a formação integral do indivíduo, ou seja, a escola, a família, a religião, o Estado, todos são responsáveis pela construção do indivíduo enquanto ser sócio-histórico-cultural. Neste sentido, a alfabetização política propõe que os princípios de justiça sejam ensinados em todas as esferas da vida, mas principalmente pela escola, seja por meio de aulas teóricas ou práticas participativas, o imprescindível é que se fomente a construção de uma consciência crítica nos indivíduos, tarefa que se torna cada vez mais complexa em tempos de projetos de Lei como o “Escola Sem Partido”, mas também é cada vez mais urgente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-05-19

Edição

Seção

Estudos em teorias sociais contemporâneas