EFEITOS DA UTILIZAÇÃO DE ÁCIDO INDOLBUTIRICO (AIB) EM ESTACAS DE CALYPTRANTHES RUFA, MORRO DO CHAPÉU, BAHIA, BRASIL

Autores

  • Robson de Jesus Santos Universidade Estadual de Feira de Santana

Resumo

A propagação de espécies vegetais via estaquia   é uma técnica bem difundida principalmente entre as de valor econômico, podendo ser uma alternativa de grande valia na reprodução assexuada de espécies nativas, sendo que auxinas são hormônios bastante utilizados para desenvolvimento de sistema radicular. Assim o objetivo deste trabalho foi testar diferentes concentrações de AIB em estacas caulinares de Calyptranthes rufa da vegetação ciliar da cachoeira Domingos Lopes. Foi coletado 300 estacas de ramos distais de Calyptranthes rufa às margens da cachoeira Domingos Lopes, conduzidas até a casa de vegetação do Horto Florestal- UEFS, onde foram tratadas com AIB, nas seguintes concentrações de (0, 1.000,  2.000, 3.000 e 4.000 mg/L-1) e mantidas em casa de vegetação sob regime de nebulização, o delineamento experimental utilizado foi Inteiramente Casualizado (DIC) com 5 tratamentos em 5 parcelas cada e 5 repetições. Após 40 dias de observação foi constatado ausência de formação de sistema radicular para todos os tratamentos testados. Assim a propagação via estaquia para espécie estudada não é recomendada dentro das condições avaliadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-05-29