NARRATIVAS DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS SOBRE SUAS EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS EM UM PROJETO DE EXTENSÃO: A EXPERIMENTOTECA

Autores

  • Natália Bernardino Rodrigues Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Lucas Evangelista dos Santos Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Leandro da Silva Barcellos Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Resumo

Apresentamos um recorte de uma pesquisa mais ampla que investigou o contexto da Experimentoteca da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). A Experimentoteca é um projeto de extensão que consiste em um Laboratório de Ciências que funciona como uma biblioteca pública de experimentos. O espaço possui um acervo com 50 diferentes experimentos, e atende professores e estudantes, auxiliados por monitores voluntários. Nosso objetivo, neste trabalho, é compreender os motivos pelos quais licenciandos em Ciências Biológicas buscam a Experimentoteca da UFES como espaço de atuação. A fim de atingir este objetivo, realizamos uma pesquisa de cunho qualitativo e natureza narrativa, com quatro monitores do espaço, no primeiro semestre de 2019. Os dados foram produzidos e coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, cujos áudios foram gravados e, posteriormente, transcritos e analisados por meio da Análise Textual Discursiva. Duas categorias emergiram do processo analítico, a saber: (i) A Experimentoteca como um espaço para pesquisa, em que os sujeitos destacaram a oportunidade da realização de estudos no local, como por exemplo, o trabalho de conclusão de curso, uma vez que o espaço possibilita o contato com turmas do ensino básico e conta com um vasto acervo para a realização de experimentos; (ii) Aquisição de experiência profissional, em que os monitores enfatizaram a possibilidade de trabalhar os conteúdos conceituais, estudados na graduação, com estudantes do ensino básico, haja vista que os sujeitos não conseguiram oportunidades em escolas regulares, e viam a atuação na Experimentoteca como uma forma de desenvolver habilidades e competências necessárias para o trabalho na educação formal. Essa análise sinaliza para o leque de possibilidades que o espaço oferece para a formação de futuros professores na área de Ciências da Natureza, e a necessidade que os licenciandos têm de vivenciar o processo de ensino- aprendizagem antes de iniciarem suas trajetórias enquanto profissionais formados, de modo que a ausência de bolsa auxílio não se constituiu como empecilho. Entendemos que esta pesquisa fornece subsídios que nos ajudam a compreender as potencialidades da Experimentoteca em relação as suas contribuições para a formação dos futuros professores, que é um importante elemento deste projeto de extensão.

Palavras-chave: Experimentoteca. Formação de professores. Pesquisa narrativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-30