Nietzsche e a grande saúde: o uso do diagnóstico tipológico contra a metafísica

Adriana Belmonte Moreira

Resumo


Esse artigo objetiva mostrar o papel central que o corpo assume no pensamento de Nietzsche e como ele faz uso do diagnóstico tipológico como arma de combate à metafísica, mostrando que somente pôde realizar a tarefa de transvaloração dos valores porque dotado de grande saúde. Colocando em xeque o pilar do modo de pensar metafísico, a separação entre corpo e alma e a divisão de mundos dela derivada, o filósofo alemão quer evidenciar, sobretudo, a partir de seus escritos de caráter autobiográfico, que outra saúde é necessária àqueles desejam criar novos valores, afirmativos da efetividade. Saúde esta identificada a um tipo que pode até mesmo transitar pela décadence, assumir sua perspectiva, sem com ela se identificar.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOUN, P-L. Freud et Nietzsche. Paris: Presses Universitaires de France, 1980.

DELEUZE, G. Nietzsche et la Philosophie. Paris: Presses Universitaires de France, 1970.

DESCARTES, R. Obras Incompletas (Trad: Enrico Corvisieri). São Paulo: Ed. Nova Cultural, 1999 (Os pensadores).

GIACÓIA JÚNIOR, O. Nietzsche como psicólogo. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2006 (Col. Focus, 6).

MARTON, S. Extravagâncias: ensaios sobre a filosofia de Nietzsche (Coleção Sendas e Veredas). São Paulo: Discurso Editorial / Editora UNIJUÍ, 2ª edição. 2001.

MÜLLER-LAUTER, W. A Doutrina da Vontade de Poder em Nietzsche (Trad. Oswaldo Giacóia Júnior). São Paulo: Annablume, 1997.

NIETZSCHE, F. A Gaia Ciência (trad. Paulo César de Souza). São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

___________ Além do Bem e do Mal (trad. Paulo César de Souza). São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

___________ Ecce Homo (trad. Paulo César de Souza). São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

___________ Genealogia da Moral (trad. Paulo César de Souza). São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

___________Obras Incompletas (Trad: Rubens Rodrigues Torres Filho). São Paulo: Ed. Nova Cultural, 1999 (Os pensadores).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Os números da Revista Estudos Nietzsche referentes aos anos de 2010 a 2014 encontram-se no Site: Estudos Nietzsche - PUC/PR