URBANIZAÇÃO E LAZER: ASPECTOS DO PROCESSO HISTÓRICO DA CRIAÇÃO DE ESPAÇOS PÚBLICOS EM VITÓRIA, ES

Ana Lucy Oliveira Freire, Fernando Domingos Vieira Sartório

Resumo


Este trabalho busca expor parte de uma pesquisa e, através da mesma, contribuir com os debates sobre o lazer na cidade atual em um contexto cujos espaços urbanos e a sociedade poderiam vir a ser mais democráticos. Realiza uma análise histórica dos espaços públicos de lazer em Vitória a partir do final do século XIX até a atualidade, buscando imprimir uma visão crítica acerca da localização desses espaços na cidade. O ponto de partida da análise está na importância do lazer no cotidiano dos moradores atrelado à orla, manifestando-se, por exemplo, nas pescarias, na prática de exercícios físicos, na contemplação da paisagem, no banho de mar, nos usos das praias, nos jogos na areia, na pesca, nas caminhadas ao ar livre, entre outras atividades. Faz parte do estudo análises de etapas históricas do processo de urbanização da cidade, entre o final do século XIX e início do século XX, concomitante às pesquisas sobre o lazer na época. Sobressai no texto as discussões sobre a criação de espaços públicos ao longo da orla leste nos anos de 1980 e 1990, período de grandes transformações urbanas e da intensificação do lazer concentrado geograficamente ao leste da orla marítima na cidade. Por fim, o trabalho tece algumas considerações questionando a ampliação dos projetos feitos pelos poderes públicos para expandir as relações do cidadão capixaba com o mar, através do uso de espaços públicos em outras regiões da cidade.

Palavras-chave


Espaço público, Lazer, Urbanização, Cidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7147/GEO19.8988

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2175-3709 (versão eletrônica)
ISSN: 1518-2002 (versão impressa)
DOI: 10.7147/GEO00.0000

BASE DE DADOS ____________________________

      

DIRETÓRIOS _______________________________

_________________________________________