Vozes hibridas e multiplas em Mayombe de pepetela: Um estudo sobre angolanidade e tribalismo

Autores

  • Cibele Verrangia Correa da Silva

Resumo

O presente trabalho se propõe fazer uma análise do romance Mayombe (1980) do escritor angolano Pepetela, observando algumas questões importantes exploradas no primeiro capítulo da tese, ou seja, os movimentos da Negritude e do Pan-africanismo e o debate acerca da questão da angolanidade e as principais tensões, como o tribalismo, de um lado, e a utopia da unidade nacional, por outro, observando através do discurso das personagens como essas tensões e inquietações são construídas.

Palavras-chave: Mayombe, angolanidade, tribalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-05-04

Edição

Seção

GT1 - Africanidades e Brasilidades em Literaturas e Linguística