A DECOLONIALIDADE NO CURRÍCULO MÍNIMO DE SOCIOLOGIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Vitória Marinho Wermelinger

Resumo

A educação é central no processo de reconhecimento cultural, todavia durante a experiência escolar vivenciamos um ensino que normalmente apresenta os fatos através de uma ótica colonizadora. Vide o modo que o  poder do colonizador acomete o imaginário do colonizado, este trabalho expõe a análise crítica do Currículo de Sociologia do Rio de Janeiro, buscando a presença de conteúdos referentes a representatividade étnico-racial e cultural dos povos negros e indígenas. Primeiramente foram feitos estudos sobre as teorias do currículo, a decolonialidade e os temas propostos pelas leis 10.639/03 e 11.645/08, para então analisar-se o currículo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-27

Edição

Seção

GT 2- Africanidades e Brasilidades em Educação e Relações Étnico-raciais