RELIGIÕES DE MATRIZES AFRICANAS E INTOLERÂNCIA RELIGIOSA NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: UM ESTUDO NA BASE DE DADOS DA CAPES

Autores

  • Cintia Quina
  • Edna Martins

Resumo

Atualmente estudos que discutem a temática raça e religiosidade têm ganhado espaço no campo da educação. Nessas investigações, o contexto escolar tem se colocado como um importante lócus de compreensão das relações sociais no que diz respeito à diversidade racial e religiosa. Nesse sentido, este trabalho teve como objetivo compreender como essa temática tem sido estudada nos últimos anos a partir de estudo bibliográfico. A metodologia consistiu em levantamento de literatura realizado na base de dados do catálogo de teses e dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) definindo-se à priori um recorte temporal de dez anos, no período de 2008 a 2018. Os resultados apontaram um especial destaque para as religiões de matrizes africanas como um elemento para pensarmos as formas de propagação do racismo nos espaços educacionais, assinalando-se a importância das contribuições de pesquisas educacionais para o enfrentamento dessa problemática, na luta por uma educação antirracista.

Palavras chaves: racismo - religiões de matrizes africanas – educação- intolerância religiosa

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-27

Edição

Seção

GT 2- Africanidades e Brasilidades em Educação e Relações Étnico-raciais