O Cósmico e o Territorial: Ordens de Mundo e Léxicos contemporâneos no Brasil e na América Latina

Autores

  • Sandoval dos Santos Amparo

Resumo

Este ensaio foi elaborado como para o registro de candidatura do autor ao Programa de Estágio Pós-Doutoral junto à Universidade de Coimbra. Tendo por oportunidade o convite do Núcleo de Estudos Brasilidades e Africanidades da Universidade Federal do Espírito Santo, na pessoa de Jurema Oliveira, para participar da III Feira Literária Brasil-África de Vitória-ES, decidi realizar pequenas alterações e transformá-lo no mote para o evento, haja visto que ele apresenta o síntese do que tenho produzido até o momento, em termos de pesquisa teórico-metodológica sobre ancestralidade e território no Brasil. Com efeito, discorro
sobre duas ordens: i)a Desordem Territorial Indigenista e ii) a Ordem Cósmica Ameríndia, respectivamente, que concorrem para o agenciamento e a alienação do cotidiano dos indígenas. Apresento os léxicos territoriais a serem investigados, que emergem seja desde o próprio movimento indígena latinoamericano, forjados seja na re-existência indígena às diversas etapas e regimes históricos de expansão da territorialização, sejam o histórico colonialismo interno e neocolonialismo, seja pela via do diálogo entre os saberes ancestrais mitológicos e a etnologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandoval dos Santos Amparo

Geografia Humana e Enisno de Geografia da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade do Estado do Pará – Campus VII Conceição do Araguaia.

Downloads

Publicado

2020-03-07