O HIV/AIDS entre os jovens no Brasil: revisão integrativa da literatura

HIV/AIDS among young people in Brazil: integrative literature review

Autores

  • Gustavo Neves Vieira Universidade do Estado do Pará
  • Luan Moraes Ferreira Universidade do Estado do Pará
  • Randerson José de Araujo Sousa Universidade do Estado do Pará
  • Ana Gabriela de Sousa Costa Universidade do Estado do Pará
  • Lígia Amaral Filgueiras Universidade do Estado do Pará
  • Yane Santos Almeida Universidade do Estado do Pará

DOI:

https://doi.org/10.47456/hb.v2i1.32460

Palavras-chave:

Fatores de Risco, Comportamento Sexual, Saúde Pública, Sorodiagnóstico da AIDS, Revisão

Resumo

O objetivo deste estudo foi perceber como a transmissão do HIV/AIDS se processa entre os indivíduos jovens brasileiros. Realizou-se uma revisão integrativa no período de 2015 a 2019. Adotaram-se as bases de dados: BVS, SciELO, MEDLINE, BDENF, CVSP - Brasil e Index Psicologia, junto aos descritores “HIV”, “Jovens” (Young) e “Brasil” (Brazil). Além dos critérios de inclusão e exclusão, adotaram-se as seis fases do processo de elaboração de uma revisão integrativa para a seleção e análise crítica dos artigos. Posteriormente, as informações foram organizadas e dissertadas. Selecionaram-se 8 artigos de um total de 144. Evidenciou-se a falta de conhecimento de jovens acerca do uso de preservativos e do HIV, em contraponto, mesmo entre aqueles que possuem acesso à informação, observou-se baixa frequência do uso de preservativos. A baixa escolaridade e existência de múltiplos parceiros sexuais, comportamento mais comum no sexo masculino, mostraram-se como de risco. Portanto, a transmissão da infecção se processa com noção equivocada do uso dos preservativos, associada à desinformação sobre o curso da doença e transmissão, que se agrava com a baixa escolaridade e socioeconomia e com outros fatores sociais e culturais. Logo, é imprescindível estudos com metodologias que tangenciem para além do biológico e compreendam os aspectos sociais destituídos de ideais sexistas e como eles impactam no comportamento de risco dos jovens brasileiros.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-04-28

Edição

Seção

Ciências da Saúde