CONSULTORIA CONTÁBIL LATINO-AMERICANA

Autores

  • Fábio do Vale UFMS Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Pedro Henrique Alves de Medeiros UFMS Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Ana Beatriz da Silva Pereira Faculdade INSTED
  • Byanca Silva Espíndola Faculdade INSTED
  • Chayhell Chrystian Librelotto Faculdade INSTED

Palavras-chave:

Relações Financeiras, Conhecimento Contábil, Fronteiras, Ruptura Epistêmica, Descolonialidade

Resumo

No presente artigo abordaremos a importância das relações financeiras do nosso país e da América Latina, com seus reflexos socioeconômicos em nossa cultura fronteiriça, dando ênfase na representatividade de nossas raízes culturais, influência e atuação na globalização, em um âmbito internacional. Contudo expandindo e aprofundando o conhecimento contábil de modo interconectado às fronteiras, sobremaneira, essas que estão justapostas entre o Brasil e Paraguai por via do nosso Mato Grosso do Sul. Sob a óptica dos cidadãos que pensam a partir de suas sensibilidades locais e biográficas, atravessando pelo conhecimento contábil brasileiro, e com o objetivo de gerar uma ruptura epistêmica e das mudanças paradigmáticas, trataremos de tal assunto, embasando-se na perspectiva da descolonialidade e sua amplitude. Com base em estudos de outros artigos de autores renomados, como por exemplo, Walter Mignolo, que nos diz “Apresentando-se como uma opção, o descolonial abre um novo modo de pensar que se desvincula das cronologias construídas pelas novas epistemes ou paradigmas...” (MIGNOLO, 2010). Possuímos em nosso território alguns órgãos que dispõem funções semelhantes, como por exemplo, o Grupo Latino-americano de Emisores de Normas de Información Financiera (Glenif), a partir do qual também detalharemos as funções e influências dos mesmos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio do Vale, UFMS Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduado em Letras e Pedagogia, Licenciatura. Professor dos segmentos: universitário, pré-vestibular e colegial. Doutorando pelo programa de Pós-graduação da UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Membro do Núcleo de Estudos Culturais Comparados (NECC) - UFMS. Pesquisador de Crítica Biográfica Fronteiriça - Estudos Fronteiriços na América Latina. Epistemologias do Sul. Descolonialidade. Mestre em Letras (Literatura, História e Sociedade) pela UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Pós-Graduado, Especialista em Docência no Ensino Superior. Pós-Graduado, Especialista Educação Especial (TGD) Transtornos Globais de Desenvolvimento e Altas Habilidades/Superdotação. Pós-Graduado em Neuropsicopedagogia. Autor dos livros Obras: O Refém do Abandono (Romance) Candelabro poético (Poemas) É membro associado à UBE-MS União Brasileira de Escritores de Mato Grosso do Sul, sendo Diretor de Cultura mandato 2018/2020 UBE-MS. Pesquisador Associado e Assessor de Projetos do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura (CLAEC).

Pedro Henrique Alves de Medeiros , UFMS Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutorando em Estudos de Linguagens (PPGEL) com o projeto Uma (des)biografia descolonial de Silviano Santiago pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Mestre em Estudos de Linguagens (PPGEL) com o projeto Entre homo-bios-grafias e escrevivências de Silviano Santiago: exercícios de crítica biográfica fronteiriça pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Graduado em Letras Licenciatura Português e Inglês pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Trabalhou como Bolsista PIBIC/UFMS/CNPq sob orientação do professor Dr. Edgar Cézar Nolasco com o projeto Silviano Santiago: mil rosas (auto)biográficas. Membro do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos Culturais Comparados (NECC) certificado pelo CNPq e Presidente da Comissão Organizadora do periódico CADERNOS DE ESTUDOS CULTURAIS. Pesquisador Associado e Coordenador de Projetos Especiais do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura (CLAEC). Coordenador do Evento Internacional Latinidades - Fórum Latino-Americano de Estudos Fronteiriços: Cultura, Arte, Literatura e Educação. Em 2020.2 atuou como Professor Visitante Voluntário de Graduação no Instituto Avançado de Ensino Superior e Desenvolvimento Humano (INSTED). Tem experiência na área de Letras com ênfase em Teoria Literária, Estudos Culturais, Crítica Biográfica, Literatura Comparada, Literatura Brasileira e Estudos Fronteiriços/Descoloniais. 

Ana Beatriz da Silva Pereira, Faculdade INSTED

Acadêmica de Ciências Contábeis na Faculdade Insted. 

Byanca Silva Espíndola , Faculdade INSTED

Acadêmica de Ciências Contábeis na Faculdade Insted. 

Chayhell Chrystian Librelotto, Faculdade INSTED

Acadêmico de Ciências Contábeis na Faculdade Insted. 

Referências

ALMEIDA, Fábio. Consultoria Contábil: Por que ela é fundamental para sua empresa? 2018. Disponível em: <https://www.almeidascontabil.com.br/consultoria-contabil/>. Acesso em: 18 nov 2020.

AYRES, Rosângela Mesquita; LOURENÇO, Rosenery Loureiro; SAUERBRONN, Fernanda Filgueiras. Perspectivas pós-coloniais e decoloniais: uma proposta de agenda de pesquisa em contabilidade no Brasil. 2017. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/316186922_Perspectivas_Pos-Coloniais_e_Decoloniais_uma_proposta_de_agenda_de_pesquisa_em_Contabilidade_no_Brasil>. Acesso em: 18 nov 2020.

BRANDÃO, Elisangela Ap. Camargo; BUESA, Natasha Young. 2013. Disponível em: <http://faesf.com.br/revista-interdisciplinar-faesf/index.php/Revista_Faesf/issue/download/3/30>. Acesso em: 18 nov 2020.

MEDEIROS, Pedro Henrique Alves de. Crítica biográfica fronteiriça: epistemologias do Sul. 2017. Disponível em: <https://www.academia.edu/37342968/Cr%C3%ADtica_biogr%C3%A1fica_fronteiri%C3%A 7a_epistemologias_do_Sul>. Acesso em: 18 nov 2020.

MIGNOLO, Walter D. Desobediência Epistêmica: A opção descolonial e o significado de identidade em política. 2007. Disponível em: <https://edisciplinas.usp.br/mod/resource/view.php?id=2294927>. Acesso em: 18 nov 2020.

MIGNOLO, Walter D. Desafios Coloniais Hoje. 2014. Disponível em: <https://revistas.unila.edu.br/epistemologiasdosul/article/download/772/645/2646>. Acesso em: 18 nov 2020.

NOLASCO, Edgar Cézar. Descolonizando a pesquisa acadêmica. 2018. Disponível em: <https://periodicos.ufms.br/index.php/cadec/article/view/7725/5545>. Acesso em 18 nov 2020.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. 2007. Disponível em:

<https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002007000300004>. Acesso em 18 nov 2020.

Consultoria Contábil: por que ela é tão importante? Marlian Contabilidade. 2018. Disponível em: < https://www.marlian.com.br/blog/consultoria-contabil-por-que-ela-e-tao-importante/>. Acesso em: 18 nov 2020.

Contabilidade em tempos de crise: como uma consultoria especializada pode ajudar o seu negócio a superar momentos difíceis. Qipu. 2020. Disponível em: < https://www.qipu.com.br/blog/contabilidade-em-tempos-de-crise/#gsc.tab=0>. Acesso em: 18 nov 2020.

A importância da contabilidade para as empresas. Nucont. 2019. Disponível em: < https://blog.nucont.com/importancia-da-contabilidade/>. Acesso em: 18 nov 2020.

Consultoria Contábil- a ferramenta para o sucesso do seu negócio. Confirp. 2020. Disponível em: <https://confirp.com.br/consultoria-contabil/>. Acesso em: 18 nov 2020.

História da contabilidade no Brasil. Portal Educação. 2018. Disponível em: < https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/financas/historia-da-contabilidade-no-brasil/53412>. Acesso em: 18 nov 2020.

Bases das escolas europeias e norte-americanas, perante a cultura contábil e a proposta neopatrimonia. Classe Contábil. 2002. Disponível em: <https://classecontabil.com.br/bases-das-escolas-europeia-e-norte-americana-perante-a-cultura-contabil-e-a-proposta-neopatrimonia/>. Acesso em: 18 nov 2020.

w-Hill, 2014.

Downloads

Publicado

2021-04-28

Edição

Seção

Faculdade INSTED

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>