TRANSFORMAÇÕES, PERMANÊNCIAS E DESAFIOS NA MOBILIDADE ESPACIAL METROPOLITANA: MOVIMENTOS PENDULARES NA REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA (RMGV)/Transformations, permanences and challenges in spatial mobility of a Metropolitan area: commutings in the Metropolitan Region of Grande Vitoria (RMGV)

  • Pablo Lira Instituto Jones Santos Neves - IJSN Universidade Vila Velha - UVV http://orcid.org/0000-0002-2643-5219
  • Aurélia H. Castiglioni Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
  • Pablo Jabor Instituto Jones dos Santos Neves - IJSN Faculdade Estácio de Sá de Vitória - FESV
  • Fábio Colatto Universidade Vila Velha - UVV
Palavras-chave: Movimentos pendulares, Processo de metropolização, Desigualdades socioespaciais

Resumo

No cenário atual de expansão, interação e complementaridade das unidades que formam as aglomerações urbanas, intensificam-se as formas de mobilidade interurbana que não implicam em mudança de residência e que se caracterizam por sua regularidade. Este estudo analisa os movimentos pendulares para estudo e trabalho na RMGV, buscando investigar transformações, permanências e desafios da mobilidade espacial na região nas últimas décadas. São utilizadas várias fontes de dados e informações, em especial os dados censitários produzidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tratados por métodos estatísticos para a construção de indicadores e pela aplicação do Sistema de Informação Geográfica para a representação cartográfica. A RMGV, que concentra população e infraestruturas sociais e produtivas, se destaca pelo dinamismo dos movimentos pendulares. A reprodução interna das diferenças socioeconômicas resulta em fluxos fortemente direcionados para o Polo Vitória, seguido por Vila Velha, Serra e Cariacica, que apresentam elevado nível de integração na dinâmica metropolitana.

 

ABSTRACT

 

In the current scenario of expansion, interaction and complementarity of the units that form urban agglomerations, interurban mobility patterns that do not imply change of residence and which are characterized by their regularity are intensified. This paper analyzes commuting for study and work in the RMGV, seeking to investigate transformations, permanences and challenges of spatial mobility in the region throughout the last decades. Several sources of data and information are used, specially census data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), treated by statistical methods in order to construct indicators and by the application of the Geographic Information System (GIS) for cartographic representation. The RMGV, which concentrates population as well as social and productive infrastructure, stands out by its commuting dynamism. The internal reproduction of socioeconomic differences result in flows strongly directed to Vitoria, followed by Vila Velha, Serra and Cariacica which present a high level of integration in the metropolitan dynamic.

 

Keywords: Commuting, Metropolization Process, Socio-spatial Inequalities.

Biografia do Autor

Pablo Lira, Instituto Jones Santos Neves - IJSN Universidade Vila Velha - UVV

Doutorando em Geografia (PPGGEO/UFES); Pesquisador da carreira de Especialista em Estudos e Pesquisas Governamentais do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN); Professor da Universidade Vila Velha (UVV); Coordenador do Núcleo Vitória do INCT Observatório das Metrópoles. Trabalha com temas do campo da Metropolização e Geografia do Crime. 

Aurélia H. Castiglioni, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
Doutora em Demografia pela Universidade Católica de Louvain. Professora do Programa de Pós-Graduação - Mestrado e Doutorado em Geografia da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGGEO/UFES). Trabalha com temas do campo da Demografia, em particular a migração, a imigração italiana, os processos de transição e o envelhecimento populacional.
Pablo Jabor, Instituto Jones dos Santos Neves - IJSN Faculdade Estácio de Sá de Vitória - FESV
Doutorando em Geografia (PPGGEO/UFES); Pesquisador da carreira de Especialista em Estudos e Pesquisas Governamentais do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN); Professor Faculdade Estácio de Sá de Vitória (FESV). Trabalha com temas do campo das Geotecnologias.
Fábio Colatto, Universidade Vila Velha - UVV
Mestrando em Segurança Pública (PPGSPo/UVV)
Publicado
2017-12-15
Seção
Artigos