Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Simbiótica?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

 

1. INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS

A inscrição de trabalhos deve ser efetuada somente pela internet durante todo ano, em fluxo contínuo, enviando o trabalho pelo portal do periódico, em ‘Submissões Online’.

Caso o(a) autor(a) não esteja cadastrado(a), deve realizá-lo pelo sistema do periódico (http://periodicos.ufes.br/simbiotica/user/register) e iniciar o processo passo-a-passo para submissão, seguindo as instruções.

Cada candidato pode apresentar apenas um único trabalho em cada edição, com no máximo 2 (dois) autores, considerando as especificações abaixo relacionadas. Os casos não previstos quanto ao número de autores serão analisados pela Equipe Editorial da revista. Nos casos de coautoria, ambos devem se cadastrar na área de acesso, e fornecer as seguintes informações: nome completo; formação acadêmica; instituição ou organização e área em que atua; endereço postal completo, especialmente cidade e país; e e-mail (endereço eletrônico); e, caso desejar, pode indicar o link de acesso ao currículo lattes (no caso de brasileiros) ou currículo disponível ao acesso online (no caso de outras nacionalidades).

Somente um dos autores deve realizar a submissão do trabalho.

As submissões que não estiverem de acordo com as normas estabelecidas pela revista serão recusadas. Depois de notificados os autores podem realizar as adequações e/ou correções e submeter novamente.

Para mais esclarecimentos/informações ou dúvidas, entrar em contato por e-mail: revistasimbiotica@gmail.com

 

2. TIPO DE MATERIAL A SER SELECIONADO

Os interessados podem submeter: artigos, ensaios, etnografias, resenhas, entrevistas, desenhos, caricaturas, charges, fotografias, HQs, poemas, crônicas, contos e críticas de cinema, de teatro, de música, de literatura e cultura popular.

A revista aceitará somente trabalhos inéditos e que não tenham sido submetidos ao processo de seleção em outra revista acadêmica ou outro meio de publicação científica (trabalhos apresentados em eventos acadêmicos e publicados em Anais serão aceitos para submissão, desde que conste detalhadamente tal informação, em nota de rodapé).

 

3. AOS AUTORES

Os artigos devem conter entre 25.000 e 45.000 caracteres, com espaços. As etnografias e ensaios no máximo 70.000 caracteres, com espaços. As resenhas no máximo 22.000 caracteres, com espaços.

Aos trabalhos que contenham imagens, solicita-se: todas as imagens devem ser enviadas individualmente em formato JPEG. Os trabalhos fotográficos devem conter especificações técnicas dos equipamentos utilizados. Trabalhos em desacordo serão avaliados pela Equipe Editorial da revista.

O arquivo submetido com o texto deve ser enviado anonimamente. Não deve trazer qualquer identificação de autoria, para assegurar a avaliação imparcial.

Todas as informações explícitas referentes ao autor, como auto-citações ou referências a trabalhos anteriores, devem ser feitas de forma impessoal [ex.: (AUTOR, 2015)] tanto no corpo do texto, como nas referências bibliográficas finais, de forma a garantir o sistema de anonimato.

 

4. NORMAS

O texto deve ser redigido em *.doc (Word), com letra Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento entre linhas de 1,5. As margens superior e esquerda de 3 cm, e inferior e direita de 2 cm. Deve inserir um recuo na primeira linha de cada parágrafo de 2 cm.

O título e os subtítulos do trabalho devem ter tamanho 12, negrito, justificado. Os subtítulos devem ser numerados em ordem crescente.

O trabalho (especificamente artigos; ensaios; e, etnografias) deve iniciar pelos seguintes elementos:
Título em português, espanhol e inglês;
Resumo em português, espanhol e inglês;
Palavras-chave em português, espanhol e inglês.

O resumo deve conter entre 90 a 120 palavras, seguido, logo abaixo, de 4 palavras-chave em minúsculo e separadas por ponto e vírgula.

As notas de rodapé devem ter tamanho 10, com espaçamento simples e inseridas na mesma página.

As citações no próprio texto devem ter no máximo três linhas e estar entre aspas. As citações com mais de três linhas devem estar em tamanho 10, com espaçamento simples e recuo de 4 cm da margem esquerda.

A indicação de referência nas citações diretas deve trazer autor, ano de publicação e página; nas citações indiretas a indicação de página é opcional, conforme os modelos abaixo:


Segundo Morin (2012, p. 44): "O problema do conhecimento acha-se no coração do problema da vida".

Conforme demonstramos, "o conhecimento histórico é indireto, indiciário, conjetural" (GINZBURG, 1989, p. 157).

Se quisermos dar uma noção da natureza grandiosa da religião, devemos ter em mente o que ela se propõe fazer pelos seres humanos. Dá-lhes informações a respeito da origem e da existência do universo, assegura-lhes proteção e felicidade definitiva nos altos e baixos da vida e dirige seus pensamentos e ações mediante preceitos, os quais estabelece com toda a sua autoridade (FREUD, 1996, p. 246).

Neste sentido, podemos afirmar que a verdade é luta de verdades (SANTOS, 1989).


Para as referências apresentadas ao final do trabalho, observar os exemplos a seguir:

Livros

MORIN, Edgar. O método 3: conhecimento do conhecimento. Porto Alegre: Sulina, 2012.

Capítulo de livro

CARVALHO, E. de A. “Complexidade e ética planetária”. In: PENA-VEGA, Alfredo; NASCIMENTO, Elimar P. (orgs.). O pensar complexo: Edgar Morin e a crise da modernidade. Rio de Janeiro: Garamond, 1999. pp. 107-118.

Dissertações e teses

COELHO, Claudio M. Religião e história: em nome Pai: Gilberto Freyre e Casa-Grande e Senzala, um projeto político salvífico para o Brasil (1906-1933)? Tese (Doutorado em História Social das Relações Políticas). PPGHIS, CCHN-UFES, Vitória, 2016. 348 p.

Artigo de periódico

VARGAS-MADRAZO, Enrique. Desde la transdisciplinariedad hacia el auto-conocimiento y el diálogo comunitario de saberes: simplicidad ante la crisis. Polis. Revista Latinoamericana. Santiago, vol. 14, n. 42, set.-dez, 2015. pp. 515-536.

MALDONADO-TORRES, Nelson. Transdisciplinaridade e descolonialidade. Sociedade e Estado. Brasília, vol. 31, n. 1, jan.-abr, 2016. pp. 75-97.

Verbetes

QUIJANO, Aníbal. Diversidad étnica. In: SADER, Emir; JINKINGS, Ivana. Latinoamericana: enciclopedia contemporánea de América Latina y el Caribe. Madrid: Ediciones Akal; Boitempo Editorial, 2006. pp. 435-445.

GREIMAS, A. J.; COURTÉS, J. E. In: Dicionário de semiótica. São Paulo: Contexto, 2008. pp. 166-168.

Informação ou texto obtido na internet

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Sobre o IBICT. Histórico. Disponível em: <http://www.ibict.br/sobre-o-ibict/historico-1>. Acessado em: 05 de outubro de 2016.

 

5. RESENHAS

Para resenhas, observar as seguintes normas:

Deve apresentar no máximo 22.000 caracteres, com espaços.

Na primeira página devem constar os seguintes elementos:

Pede-se que o autor dê um título à resenha (o título da resenha deve ser diferente do título da obra resenhada).

A referência bibliográfica da obra resenhada deverá vir em seguida, abaixo, obedecendo a seguinte forma: SOBRENOME do autor, prenome. Título da obra. Local de publicação: editora, data, nº da edição se não for a primeira, nº de páginas [Ex.: RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. São Paulo: Companhia da Letras, 1995, 2ª edição, 476 p.].

Serão aceitas resenhas de livros publicados no Brasil, no máximo há 30 meses e, no exterior, no máximo há 48 meses. Os casos não previstos, que ultrapassem o período máximo de publicação de livros, serão analisados pela Equipe Editorial da Simbiótica.

 

6. CONSIDERAÇÕES GERAIS

Os conceitos, argumentos e opiniões apresentadas em trabalhos publicados pela Simbiótica são de absoluta e exclusiva responsabilidade de seus autores.

Ao enviar o trabalho para avaliação do Conselho Editorial da revista, os autores mantêm os direitos autorais e concedem à Simbiótica o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado, permitindo o compartilhamento com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Ao Conselho Editorial da revista reserva-se o direito de recusar trabalhos que não atendam às normas estabelecidas, ou que, mediante consulta aos editores, sejam considerados inapropriados à proposta e intuitos da revista. Em todo caso, o autor será comunicado da recusa e/ou aprovação de seu trabalho, com transparência e isonomia.

 

Vitória, Ufes: 13 de Janeiro de 2017.

 

Revista Simbiótica

NEI-PGCS-UFES

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

 

Declaração de Direito Autoral

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

    1. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional
       
    2. Compartilhar - copiar e distribuir o material em qualquer meio ou formato.
      Adaptar - remix, transformar e construir sobre o material para qualquer finalidade, inclusive comercial.
       
    3. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.
       
    4. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre).

 

Política de Privacidade

As informações referentes à autoria ficam estritamente reservadas aos Editores Cinetíficos e a Comissão Editoiral até a data de publicação. O anonimato tanto dos(as) autores(as) quanto dos(as) pareceristas é garantido durante todo o processo de avaliação.