Buracos negros: a derradeira fronteira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47456/Cad.Astro.v2n2.35943

Palavras-chave:

ondas gravitacionais, buracos negros, astronomia gravitacional

Resumo

Em Setembro de 2015, os dois conjuntos de espelhos mais perfeitos do mundo moveram-se simultaneamente e da mesma forma, apesar de separados por milhares de quilômetros. Chegara ao fim uma das mais longas buscas da história da ciência. Pela primeira vez a humanidade capturara na Terra uma onda gravitacional. Esta onda foi produzida por um par de buracos negros muito antes do nascimento de Einstein e até de qualquer ser humano. O mundo da física prepara-se agora para uma nova era, em que a astronomia gravitacional nos vai desvendar os segredos sobre as entidades mais misteriosas de todas: os buracos negros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-05

Como Citar

[1]
V. Cardoso e F. Duque, “Buracos negros: a derradeira fronteira”, Cad. Astro., vol. 2, nº 2, p. 16, ago. 2021.

Edição

Seção

Seção Temática