Os mouros vistos por cronistas peninsulares do século XV: Pero Carrillo de Huete e Lope de Barrientos e Gomes Eanes de Zurara

Autores

  • Julieta Araújo

Resumo

Olhar para o século XV peninsular pode criar a ilusão de que a geografia política correspondia às divisões dos reinos separados pelos credos religiosos, mas esta aparência é uma forma simplista de abordar esta temática. Um olhar mais atento revela que a teia política e diplomática é cheia de nuances, muito mais complexo do que aparenta e onde reinos cristãos podem se guerrear enquanto têm tréguas com o reino muçulmano de Granada. O longo convívio de séculos entre religiões trouxe guerra, mas também paz e destes tempos ficaram vários testemunhos de cronistas, de que vamos estudar três: Pero Carrillo de Huete, Frei Lope de Barrientos e Gomes Eanes de Zurara.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-15

Edição

Seção

Dossiê: Resistência cultural, identidades e interações