El altar del judío Nasas y la figura de Elías ¿Sincretismo religioso en tiempos de Gregorio Magno?

Autores

  • Rodrigo Laham Cohen

Resumo

Neste artigo explora-se as possíveis explicações da epístola III, 37 do Registrum Epistularum de Gregório Magno, em que o papa exige punir um judeu chamado Nasas que supostamente havia erguido um altar em nome do profeta Elias que era frequentado por cristãos. O trabalho apresenta, em primeiro lugar, as análises anteriores em torno da carta. Em seguida, analisa-se a viabilidade dos acontecimentos ali narrados e qual era a imagem de Elias e dos altares tanto na obra de Gregório Magno quanto nas literaturas judaica e cristã do período. Dessa forma, busca investigar o que Nasas poderia ter feito na Sicília do século VI e refletir sobre nossas limitações no conhecimento do judaísmo europeu tardo antigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-15

Edição

Seção

Dossiê: Resistência cultural, identidades e interações