Pedro Afonso

Autores

  • Sergio Alberto Feldman

Resumo

Pedro Afonso é um rabino judeu de Huesca (Aragão) que viveu entre meados do século XI (c. 1062) e a primeira metade do século XII (c. 1140). Optou por se converter ao Cristianismo e ao que tudo indica foi batizado pelo rei de Aragão, Afonso o Batalhador, de quem recebeu o nome, além do prenome de Pedro, o santo do dia. Autor de ampla obra e polemista que alterou radicalmente os termos do debate entre o Judaísmo e o Cristianismo, no século XII. Em primeiro lugar revelou o papel da lei oral judaica, o assim denominado Talmude, que a seu ver distanciava os judeus da revelação comum ás duas religiões, que seria a autoridade (auctoritas) e que era a base da polêmica até então; em segundo lugar, à sua maneira, trouxe aportes pretensamente científicos e racionalistas embasados na filosofia e nas ciências da época (ratio) para a polêmica; e num terceiro aporte refletia sobre a efetiva legalidade da presença judaica nos domínios da Cristandade, que se baseava nos termos da tolerância apregoada por Agostinho de Hipona que vislumbrava num futuro próximo uma função dos judeus na escatologia cristã, pois estes se converteriam no final dos tempos, no Milênio. Assim colocava os judeus contemporâneos como uma espécie de hereges, que se distanciaram da revelação. Pedro Afonso é um marco na agudização da condição judaica no ocidente medieval.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-15

Edição

Seção

Dossiê: Resistência cultural, identidades e interações