Lídia Baís: memórias de uma trajetória feminina na arte de Mato Grosso do Sul

Autores

  • Fernanda Reis

Resumo

O presente artigo integra o texto final da tese de doutorado intitulada: Razão e loucura na produção artística de Lídia Baís. Nuances de uma trajetória feminina, defendida no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Tem por objetivo apresentar alguns aspectos da trajetória de vida e artística de Lídia Baís, artista sul-mato-grossense. Dos acontecimentos de sua vida, que foram considerados transgressores em relação aos padrões impostos às mulheres na primeira metade do século XX, o artigo apresenta quatro obras da artista que no percurso da pesquisa foram analisadas tendo o evento de seu casamento como referência. Como suas obras não eram, em sua maioria, datadas não é possível precisar o contexto em que foram produzidas, mas considerando os elementos simbólicos da obra e a trajetória da artista é a partir dessas pinturas que procuro compreender os dispositivos de poder e controle sobre Lídia Baís no período analisado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-15

Edição

Seção

Artigos