Cooperação e contrapartida nas ações da OMS: notas sobre a geopolítica da saúde global/Cooperation and counterparts in WHO actions: notes on global health geopolytics

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7147/GEO27.21484

Resumo

Este ensaio visa, a partir de documentos oficiais e literatura especializada, analisar o desempenho da OMS desde sua origem e seu papel em questões relacionadas à saúde global, destacando a dinâmica da cooperação-contrapartida. Essa dinâmica é resultado da complexificação das relações internacionais, envolvendo Estados membros, atores não estatais e agências de desenvolvimento, a fim de não apenas seguir as diretrizes da OMS, mas também incentiválos a priorizar certos projetos globais de saúde.

Palavras-chave: Saúde Global, Cooperação Internacional, Saúde Pública, OMS.

 

ABSTRACT
This essay aims, from official documents and specialized literature, to analyze the performance of WHO since its origin and its role in matters related to global health, highlighting the dynamics of cooperation-counterpart. This dynamic is a result of the complexification of international relations, involving member States, non-state actors and development agencies, in order not only to follow WHO guidelines but also to encourage them to prioritize certain global health projects.

Keywords: Global Health, International Cooperation, Public Health, WHO.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camilo Darsie, Universidade de Santa Cruz do Sul - Brasil.

Professor adjunto do Departamento de História e Geografia da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC e Colaborador do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEdu) da mesma instituição. Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Faz parte do grupo de pesquisa Identidade e Diferença na Educação da UNISC. 

Douglas Weber, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), Professor do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, possui graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC).

Mateus Aparecido de Faria, Fundação Oswaldo Cruz

Mestre em Saúde Coletiva pela Fundação Oswaldo Cruz. Graduado em Gestão de Serviços de Saúde pela Universidade Federal de Minas Gerais. Integrante do Movimento de Saúde dos Povos - Círculo Brasil.

Cristianne Maria Famer Rocha, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005), Mestre em Educação pela mesma Universidade (2000). Realizou estágio de Pós-Doutorado junto à Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS), em 2005, e junto à Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED), em 2013. É, atualmente, Professora Adjunta da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF/UFRGS), desde 2017.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2018-11-28

Como Citar

DARSIE, C.; WEBER, D.; DE FARIA, M. A.; ROCHA, C. M. F. Cooperação e contrapartida nas ações da OMS: notas sobre a geopolítica da saúde global/Cooperation and counterparts in WHO actions: notes on global health geopolytics. Geografares, [S. l.], n. 27, p. 158–172, 2018. DOI: 10.7147/GEO27.21484. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/21484. Acesso em: 13 maio. 2021.

Edição

Seção

Artigos