Planejamento estatal do turismo na Chapada Diamantina como administração de crise/State planning of the tourism within the Chapada Diamantina as crisis management

Autores

  • Pedro Benetazzo Serrer

DOI:

https://doi.org/10.7147/GEO28.24395

Resumo

O presente artigo se propõe a retomar aspectos do processo de modernização turística empenhada na Chapada Diamantina como planejamento estatal e desdobramentos do mesmo. Esses elementos particulares são cotejados com uma proposta de interpretação da crise da reprodução capitalista contemporânea em escala nacional e como totalidade. Daí emerge a interpretação do planejamento como administração de crise.

Palavras-chave: Chapada Diamantina; crise; planejamento.

 

ABSTRACT

The present article intends to retake aspects of the process of tourist modernization committed to the Chapada Diamantina as state planning and unfolding of the same. These particular elements are compared with a proposal of interpretation of the crisis of contemporary capitalist reproduction on a national scale and as a whole. Hence emerges the interpretation of planning as crisis management.

Keywords: Chapada Diamantina; crisis; planning.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-04-25

Como Citar

SERRER, P. B. Planejamento estatal do turismo na Chapada Diamantina como administração de crise/State planning of the tourism within the Chapada Diamantina as crisis management. Geografares, [S. l.], n. 28, p. 245–263, 2019. DOI: 10.7147/GEO28.24395. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/24395. Acesso em: 10 maio. 2021.

Edição

Seção

Artigos