Eletrificação, vida urbana e o papel da mulher

Autores

  • Odette Carvalho de Lima Seabra USP

DOI:

https://doi.org/10.7147/geo.v1i31.33576

Palavras-chave:

inovações tecnológicas, energia elétrica, produção do espaço urbano, trabalho feminino

Resumo

As inovações tecnológicas são responsáveis por grandes mudanças em todos os âmbitos das sociedades. Este trabalho, pelo viés do desenvolvimento e da expansão do uso da energia elétrica, analisa as profundas transformações provocadas por essa inovação técnica na produção do espaço urbano, no mundo do trabalho, na organização da vida das famílias, no cotidiano das pessoas e no papel das mulheres. As mudanças trazidas aos lares em decorrência da inserção das tecnologias no cotidiano, bem como no papel que as mulheres desempenham, seja no mercado de trabalho, nas vanguardas artísticas e políticas e nas lutas pelos direitos, bem como na manutenção de suas responsabilidades enquanto responsáveis por manter as condições de reprodução social das famílias. Tais discussões são realizadas mobilizando-se as noções de moderno, de modernização, de modernidade e de utopia, enquanto aponta as contradições e as desigualdades que permanecem e perpassam a vida da classe trabalhadora nas cidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Odette Carvalho de Lima Seabra, USP

Possui graduação em Geografia pela Universidade de São Paulo (1970); especialização em Economia Regional e Urbana (1975) obtido na Faculdade de Economia e Administração, da Universidade de São Paulo; mestrado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1979) , e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (1987) e Livre Docente (2003) na Universidade de São Paulo. Atualmente exerce função de Professor Associado no Departamento de Geografia da FFLCH da Universidade de São Paulo; orienta dissertações de mestrado e teses de doutorado em duas linhas de pesquisa:" Urbanização e modo de vida" e, "Urbanização e a Economia Política do Espaço". É membro correspondente da associação " La Somme et le Reste", sediada em Paris. Coordenadora do Grupo de Estudos Geografia e Modernidade, que estuda a empresa de serviços públicos no Brasil: Brazilian Traction. Tem experiência na área de Geografia Humana, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: cidade, centralidade, periferia, metrópole, espaço, modernidade.

Referências

DAMIANI, Amélia Luisa. Urbanização Crítica: Periferias urbanas, in: São Paulo__________Metrópole em Mosaico. Org.

Ana Maria de A. Camargo. São Paulo. CIEE - Centro de Integração Empresa e Escola, São Paulo. p 35-50. 2010.

_________(Des)accords entre la Geographie et l’urbain: la contribution de Henri Lefebvre. In: En Traversant la Geographie

Marx, Lefebvre et les Situcionnistes. Org. Amélia L. Damiani e Ricardo Baitz. São Paulo Editora Tiragem Livre. São Paulo, 2018. p. 27-60.

LEFEBVRE, H. Introdução a Modernidade. Editora Paz e Terra Rio Janeiro, 1969.

__________ O Direito a Cidade. Ed. Documentos. São Paulo, 1968.

__________ La Vie Quotidienne dans le Monde Moderne. Éd. Gallimard. Paris 1968.

Instituto Acende Brasil-Pesquisa Desenvolvimento Setor Elétrico. Rio de Janeiro, 2017.

McDOWALL, Duncan. Light, a História da Empresa que Modernizou o Brasil. Rio de Janeiro. Edições Ediouro 2008. Ministério de Minas e Energia. Recursos Energéticos do Brasil e Panorama da Energia Elétrica. Governo Federal, 1966.

Panorama do Setor de Energia Elétrica no Brasil - Centro da Memória da Eletricidade no Brasil. Rio de Janeiro, 1988. SAES, Alexandre M. Conflitos do Capital Light versus CBEE na Formação do Capitalismo Brasileiro. São Paulo: Editora Alameda, 2008.

ZOLA, Emile. Como se Casa Como se Morre. Editora 34. São Paulo, 1999.

Downloads

Publicado

2020-12-17

Como Citar

CARVALHO DE LIMA SEABRA, O. Eletrificação, vida urbana e o papel da mulher. Geografares, [S. l.], v. 1, n. 31, p. 6–29, 2020. DOI: 10.7147/geo.v1i31.33576. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/geografares/article/view/33576. Acesso em: 30 nov. 2021.