“Eu Não Virei, Eu Nasci”: discutindo a Afeminofobia a partir da figura do gay e do menino afeminado

Autores

  • Renan Gomes de Moura Universidade do Grande Rio, UNIGRANRIO, Brasil
  • Rejane Prevot Nascimento Universidade do Grande Rio, UNIGRANRIO, Brasil

Resumo

O presente artigo buscou investigar como a afeminofobia se manifesta no discurso gay e qual sua relação com o menino afeminado. Por meio da pesquisa verificou-se que o menino afeminado enfrenta desde pequeno uma “guerra”, que a ele é instituída só por conta de sua feminilidade. Infere-se que essa guerra contra a feminilidade se estende até sua vida adulta, uma vez que muitos gays tentam negar o feminino em seus corpos, pois ser feminino vai contra as características da masculinidade hegemônica. As crianças devem obedecer a lógica heteromasculina, sendo proibido ao menino possuir características femininas, sendo o corpo da criança um corpo controlado pelos pais, uma vez que são esses os responsáveis por inserir a masculinidade ou a feminilidade no corpo da criança.

Palavras-chaves: Afeminofobia; Gay; Menino afeminado; Criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renan Gomes de Moura, Universidade do Grande Rio, UNIGRANRIO, Brasil

Administrador. Mestre em Administração (PPGA/UNIGRANRIO). Doutorando em Administração (PPGA/ UNIGRANRIO). Bolsista do Programa CAPES/PROSUP. E-mail: renangmoura@gmail.com

Rejane Prevot Nascimento, Universidade do Grande Rio, UNIGRANRIO, Brasil

Cientista Social (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Docente Permanente do PPGA/UNIGRANRIO. E-mail: rejaneprevot@uol.com.br

Downloads

Publicado

2020-09-13

Como Citar

Moura, R. G. de, & Nascimento, R. P. (2020). “Eu Não Virei, Eu Nasci”: discutindo a Afeminofobia a partir da figura do gay e do menino afeminado. Simbiótica. Revista Eletrônica, 7(2 jan.-jun.), 242-262. Recuperado de https://periodicos.ufes.br/simbiotica/article/view/32602

Edição

Seção

Artigos livres

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)